Guia da Eredivisie: SC Heerenveen

 Guia da Eredivisie: SC Heerenveen

Seis meses após a parada da Eredivisie por causa da pandemia, a nova temporada do campeonato holandês terá início nesse final de semana. Como as 18 equipes estão para essa nova temporada? Iremos examinar um a um.

Agora iremos analisar o SC Heerenveen.

Depois de um décimo lugar, os Fries retornam para essa temporada com uma boa perspectiva, na teoria, mas na prática, as coisas não são bem assim.

Pawel Bochniewicz
Pawel Bochniewicz

O clube não conseguiu vencer e muito menos, convencer nos amistosos de pré-temporada, até mesmo quando pegou equipes mais fracas tecnicamente como De Graafschap (5×1) e NAC Breda (1×0), os comandados de Johnny Jansen não tiveram forças para superar as duas equipes que disputam a segunda divisão holandesa.

Isso está deixando todos no Abe Lenstra Stadion preocupados, afinal de contas, a equipe terá uma sequência inicial de quatro jogos na Eredivisie que podem dizer muito sobre o que esperar os Heerenveners na competição dessa temporada.

Atuação no Mercado de Transferência

Erwin Mulder
Erwin Mulder

Como já é de costume, os times holandeses possuem a tradição de revelar diversos jogadores para o mundo todos os anos e não é diferente para o SC Heerenveen, que é um dos clubes holandeses com diversas revelações de atletas ao longo da sua história.

Na temporada passada, os Fries revelaram o nigeriano, Chidera Ejuke. Com apenas 22 anos, ele deixou a equipe e foi vendido ao CSKA Moscow por 11 milhões de euros.

Uma quantia que chega em um excelente momento para ajudar o clube e equilibrar as contas e reforçar o elenco principal.

Henk Veerman
Henk Veerman

Com esse dinheiro, o SC Heerenveen pagou 1.4 milhões de euros na contratação do defensor polonês, Pawel Bochniewicz junto ao Górnik Zabrze da Polônia.

E também precisou desembolsar cerca de 1.5 milhões de euros para repatriar o centroavante alemão, velho conhecido da torcida, Henk Veerman.

Outro velho conhecido que retornou ao clube depois de um longo período fora da Holanda, foi o goleiro Erwin Mulder que chegará para suprir a saída de Warner Hahn.

Joaquín Fernández
Joaquín Fernández

Além desses três jogadores, o SC Heerenveen contratou mais cinco jogadores, com destaques para dois jovens defensores, Sieben Dewaele que chegar por empréstimo do RSC Anderlecht da Bélgica e Joaquín Fernández, uruguaio de 21 anos que deixou o River Plate do Uruguai para assinar com a equipe da Frísia.

Como deverá ser o SC Heerenveen nesta temporada?

Na temporada 2018/19, Jan Olde Riekerink era o então treinador do SC Heerenveen e foi demitido antes do final da temporada, mas deixou a equipe na 11º colocação.

Na temporada passada, Johnny Jansen, atual no cargo de treinador do clube, levou a equipe para a 10º colocação, mas sem conseguiu convencer de que seu trabalho iria deslanchar.

Pouco se espera do SC Heerenveen para essa temporada. Mesmo com o retorno de velhos conhecidos, ainda existem muitos pontos de interrogação.

O SC Heerenveen irá substituir bem a saída de Cherida Ejuke?

Johnny Jansen conseguirá fazer esse time render mais do que rendeu na temporada passada?

Nossa Opinião

Acreditamos que o SC Heerenveen consiga terminar novamente no meio da tabela, mas não conseguirá brigar por uma vaga nos Play-Offs para assumir um lugar na próxima Liga Europa.

O trabalho de Johnny Jansen ainda precisa ganhar mais corpo e não sabemos se a diretoria terá a paciência com ele, que teve na temporada passada.

Confira também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *