Vitesse sofre, mas vence SC Heerenveen de virada

 Vitesse sofre, mas vence SC Heerenveen de virada

O Vitesse viajava para o norte da Holanda, em busca de quebrar um tabu que estava de pé desde 2017. Foi em outubro daquele ano em que o Vitesse venceu o SC Heerenveen pela última vez jogando no Abe Lenstra Stadion.

Com dois gols de Loïs Openda para o Vitesse e um de Milan van Ewijk para o SC Heerenveen, os Vitas venceram por 2 a 1.

🐄 Com a derrota, o SC Heerenveen segue na décima segunda colocação com apenas 13 pontos somados. O próximo compromisso da equipe será contra o NEC Nijmegen, no De Goffert.

💛 Já o Vitesse terá uma missão complicada na Inglaterra diante do Tottenham Hotspur FC pela UEFA Conference League. A equipe precisa voltar para a Holanda com algum ponto na bagagem, caso queira continuar sonhando com uma vaga na próxima fase. Na Eredivisie, a equipe terá uma missão complicada também, afinal de contas, jogará contra o FC Utrecht, em casa. Essa vitória fez os Vitas atingirem a quinta colocação com 19 pontos.

🐄 Após vencer o AFC Amsterdam pela Copa da Holanda, Johnny Jansen fez quatro mudanças na equipe titular. Sven van Beek, Lucas Woudenberg, Nicolas Madsen e Filip Stevanović voltaram ao time titular nas vagas de Nick Bakker, Joey Veerman, Henk Veerman e Arjen van der Heide.

📋 SC Heerenveen: Xavier Mous, Sven van Beek, Rami Kaib, Ibrahim Drešević, Milan van Ewijk, Siem de Jong, Tibor Halilović, Rodney Kongolo, Nicolas Madsen, Filip Stevanović e Anthony Musaba.

💛 Já Thomas Letsch teve uma semana livre para trabalhar e descansar sua equipe e com isso, três jogadores voltaram ao time titular. Riechedly Bazoer, Nikolai Baden Frederiksen e Tomáš Hajek foram titulares e Romaric Yapi, Enzo Cornelisse e Matúš Bero ficaram no banco de reservas.

📋 Vitesse: Markus Schubert, Eli Dasa, Danilho Doekhi, Jacob Rasmussen, Riechedly Bazoer, Tomáš Hajek, Sondre Tronstad, Yann Gboho, Loïs Openda, Oussama Darfalou e Nikolai Baden Frederiksen.

🐄 🟥Expulsão: Com apenas nove minutos, o SC Heerenveen teve seu defensor expulso. Ibrahim Drešević recebeu a bola na defesa e dominou mal, Loïs Openda percebeu a dificuldade no domínio de Ibrahim Drešević e pressionou o defensor dos Fries. Loïs Openda roubou a bola do zagueiro e o zagueiro acabou segurando o atacante dos Vitas. Martin van den Kerkhof não pensou duas vezes antes de mostrar o cartão vermelho para o defensor dos donos da casa.

🐄 1×0: Em contra-ataque mortal, nos minutos finais do primeiro tempo, o SC Heerenveen abriu o placar no Abe Lenstra Stadion. Rodney Kongolo roubou a bola de Nikolai Baden Frederiksen e partiu em contra-ataque. Milan van Ewijk acompanhou seu Rodney Kongolo e o meia tocou para o lateral que saiu na cara de Markus Schubert. Milan van Ewijk deu um leve toque na saída do goleiro para abrir o placar no norte da Holanda.

💛 1×1: Após tanto pressionar os donos da casa, finalmente o Vitesse empatou. Julian von Moos entrou na grande área e tocou para Loïs Openda apenas escorar para o fundo das redes de Xavier Mous.

💛 1×2: E nos acréscimos o Vitesse chegou ao gol da vitória. Eli Dasa cruzou para a grande área. Loïs Openda pulou mais alto que Milan van Ewijk para marcar o gol da vitória dos Vitas. Esse foi o quinto gol de Loïs Openda na Eredivisie 2021/22.

Confira também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *