André Ramalho marca e PSV vence PEC Zwolle de virada

 André Ramalho marca e PSV vence PEC Zwolle de virada

Sem vencer o PSV no Philips Stadion desde 2013, o PEC Zwolle tinha uma missão nada fácil. A equipe de Art Langeler precisava viajar até o sul da Holanda e somar três pontos diante de um dos concorrentes pelo título da Eredivisie.

Além de tudo isso, some o tabu que o PEC Zwolle tenta quebrar. A equipe ainda não venceu nessa temporada os jogos oficiais.

Os Blauwvingers saíram na frente com Daishawn Redan, mas o PSV precisou de cinco minutos para fazer três gols com André Ramalho, Cody Gakpo e Olivier Boscagli.

💡 A vitória fez o PSV chegar aos 21 pontos e na próxima rodada terá o clássico contra o Ajax em Amsterdã, na Johan Cruijff Arena. Caso a equipe de Roger Schmidt consiga vencer novamente o Ajax, se tornará o líder da Eredivisie. Mas antes, os Boeren terão um teste de fogo em casa contra o AS Mônaco, pela UEFA Europe League.

🧿 Por outro lado, o PEC Zwolle segue sua sina de tentar vencer na Eredivisie dessa temporada, em nove jogos, são oito derrotas e um empate. Com isso, o PEC Zwolle está na lanterna da Eredivisie com um ponto somado e nove rodadas. O próximo desafio dos homens de Art Langeler será contra o Heracles Almelo em casa.

💡 Noni Madueke retornou ao time de Roger Schmidt e com isso o atacante japonês, Ritsu Doan ficou como opção no banco de reservas.

📋 PSV: Joël Drommel, André Ramalho, Olivier Boscagli, Phillipp Mwene, Philipp Max, Ibrahim Sangaré, Marco van Ginkel, Mario Götze, Eran Zahavi, Noni Madueke e Cody Gakpo.

🧿 Pelo lado dos Blauwvingers, Art Langeler fez duas mudanças na equipe. Kenneth Paal e Jesper Drost entraram nas vagas de Gervane Kastaneer e Slobodan Tedić.

📋 PEC Zwolle: Kostas Lamprou, Bram van Polen, Yuta Nakayama, Kenneth Paal, Sam Kersten, Mark Pabai, Mustafa Saymak, Dean Huiberts, Rico Strieder, Luka Adžić e Daishawn Redan.

🧿 0x1: Aos 03 minutos, em jogada individual, Daishawn Redan passou pela marcação de dois defensores do PSV e ficou de cara com Joël Drommel. O atacante do PEC Zwolle não teve dificuldades para estufar as redes dos Boeren.

💡 1×1: Aos 84 minutos, o PSV finalmente empatou. Cody Gakpo cobrou escanteio e André Ramalho se antecipou a marcação de Yuta Nakayama e sem sair do chão finalizou de cabeça para deixar tudo igual.

💡 2×1: Dois minutos depois de empatar, o PSV virou. Yorbe Vertessen recebeu a bola na entrada da grande área e tocou para Cody Gakpo finalizar sem chances de defesa por parte de Kostas Lamprou.

💡 3×1: Para sacramentar a vitória dos Rood-witten, Olivier Boscagli cobrou uma falta de forma magistral e fez o terceiro do PSV na partida.

Confira também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *