Ao ser cortado da Eurocopa, Donny van de Beek entra em uma lista com Mark van Bommel e Ryan Babel

 Ao ser cortado da Eurocopa, Donny van de Beek entra em uma lista com Mark van Bommel e Ryan Babel

Donny van de Beek viu o sonho de disputar sua primeira Eurocopa com a seleção holandesa ser encerrado faltando menos de uma semana para o início do torneio. Uma lesão muscular impediu o jovem meia do Manchester United FC de disputar a competição. E ele não foi o primeiro e nem será o último jogador da Holanda a deixar de disputar uma Eurocopa ou Copa do Mundo por causa de lesão.

Em maio de 1978, Hugo Hovenkamp era um dos nomes que faziam parte com frequência da seleção holandesa. O jogador do então AZ’67 viu seu sonho de disputar a Copa do Mundo daquele ano na Argentina quando ao realizar exames médicos, foi identificado que ele estava com o ligamento do joelho rompido.

Sonny Silooy estava muito ansioso para disputar a Eurocopa de 1988. Ele era titular com frequência na seleção e no dia 1 de abril, ele sofreu uma grave lesão no rosto e precisou desfalcar a Holanda na Eurocopa. Vale ressaltar que Sonny Silooy nunca disputou um grande torneio pela Holanda.

Já em 1988, foi a vez de Ferdy Vierklau não disputar a Copa do Mundo. Enquanto atuava pelo Tenerife da Espanha, o defensor sofreu uma lesão e a recuperação não foi das mais rápidas e com isso André Ooijer foi convocado para seu lugar.

Em maio de 1922, o treinador da Holanda, Rinus Michels, precisou tirar o nome de Richard Witschge dos convocados para a Eurocopa daquele ano. Todos os jogadores deveriam estar em plena forma física para disputar o torneio, mas Richard Witschge não conseguiu, pois ainda estava se recuperando de uma lesão na coxa esquerda.

No início de junho de 1996, foi o então treinador da Holanda, Frank de Boer que precisou sair da delegação holandesa que iria disputar a Eurocopa de 1996. Após um choque com Youri Mulder em um treinamento da Holanda, ele foi cortado pois sofreu uma lesão no tornozelo. Com isso, Guus Hiddink convocou Jaap Stam para a vaga de Frank de Boer.

Dick Advocaat e Mark van Bommel tomaram a decisão juntos em junho de 2004. O volante treinou em Zeist na esperança de se recuperar a tempo. Ele vinha de uma lesão no tendão de aquiles. Sem conseguir se recuperar a temporada, Dick Advocaat precisou chamar Paul Bosvelt para suprir a ausência de Mark van Bommel.

Em maio de 2008, foi a vez de Ryan Babel ser cortado. Durante um treinamento da Holanda, ele rompeu o ligamento do tornozelo e viu a Eurocopa na Suíça e Áustria acabar antes mesmo de começar para ele.

Confira também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *