FC Den Bosch bate FC Dordrecht por 6 a 2 e mantém tabu de oito anos

 FC Den Bosch bate FC Dordrecht por 6 a 2 e mantém tabu de oito anos

Onde você estava no dia 1 de novembro de 2013? Essa foi a data na qual o FC Dordrecht venceu o FC Den Bosch pela última vez e daquela data até hoje, 12 jogos foram disputados e o máximo que os Schapenkoppen conseguiram em cima dos Dragões Azuis e Brancos foram dois empates.

Nesta sexta-feira, os comandados de Jack de Gier novamente bateram o FC Dordrecht pelo mesmo placar de 2019, quando o FC Den Bosch venceu o FC Dordrecht por 6 a 2 no Riwal Hoogwerkers Stadion.

🐑 Com a derrota, o FC Dordrecht continua com 26 pontos e na 19ª colocação. O próximo compromisso da equipe será contra o MVV Maastricht dentro de casa.

🐉 Já o FC Den Bosch continua sonhando em terminar a Keuken Kampioen Divisie 2020/21 fora da lanterna. Os Dragões Azuis e Brancos chegaram aos 26 pontos e terão pela frente, em casa, o Roda JC Kerkrade na próxima rodada.

🐑 Após sofrer uma derrota dura para o Jong AZ Alkmaar na rodada passada por 4 a 0, Jan Zoutman fez duas mudanças na equipe titular. Max van Herk e Adnan Ugur voltaram para o banco de reservas e com isso, Liam Bossin e Valentino Pugliese receberam uma nova oportunidade na equipe titular.

📋 FC Dordrecht: Liam Bossin, Özgür Aktaş, Thomas Poll, Dehninio Muringen, Bernardo Silva, Jari Schuurman, Kevin Jansen, Valentino Pugliese, Richie Musaba, Naoufal Bannis e Mathis Suray.

🐉 Quem também fez duas mudanças foi Jack de Gier. O comandante viu sua equipe lutar bravamente contra o SC Cambuur na rodada passada e perder por 5 a 3. Kevin Felida e Steven van der Heijden voltaram a equipe titular nas vagas de Lorenzo Fonseca e Dhoraso Moreo Klas.

📋 FC Den Bosch: Wouter van der Steen, Mats Deijl, Junior van der Velden, Dwayne Green, Frank Sturing, Kevin Felida, Steven van der Heijden, Ringo Meerveld, Soufyan Ahannach, Romano Postema e Jizz Hornkamp.

🐉 0x1: Com apenas nove minutos de bola rolando, o FC Den Bosch abriu a contagem no Riwal Hoogwerkers Stadion. Em cobrança de escanteio por parte do FC Dordrecht, a defesa dos Dragões Azuis e Brancos retirou a bola da grande área e Romano Postema puxou o contra-ataque. Ele passou pela marcação de Naoufal Bannis e Dehninio Muringen ficou sozinho para tentar tirar a bola de Romano Postema, mas o atacante do FC Den Bosch foi acompanhado de perto por Ringo Meerveld que recebeu a bola e deu um leve toque na saída de Liam Bossin para abrir a contagem no oeste da Holanda.

🐉 0x2: Aos 21 minutos, os Dragões Azuis e Brancos aumentaram a contagem. O FC Dordrecht cobrou lateral, mas a bola foi roubada e chegou nos pés de Soufyan Ahannach que com apenas dois toques na bola mandou um belo lançamento por cima da defesa do FC Dordrecht, para Romano Postema dominar com o peito e finalizar com a perna direita.

🐉 0x3: Aos 33 minutos, em falha de marcação, Mats Deijl recebeu a bola dentro da grande área e tocou para o meio, onde Ringo Meerveld chegava para finalizar e ampliar a vantagem dos Dragões Azuis e Brancos.

🐉 0x4: Os Bossches voltaram a marcar apenas na segunda etapa. Com 11 minutos do segundo tempo, Soufyan Ahannach tocou para Jizz Hornkamp que dentro da grande área, cortou a marcação e mandou para o fundo das redes de Liam Bossin.

🐑 1×4: O FC Dordrecht finalmente descontou aos 64 minutos. Nelson Amadin tocou para Richie Musaba que da entrada da grande área finalizou rasteiro, no canto esquerdo de Wouter van der Steen.

🐑 2×4: Dois minutos após fazer o primeiro gol dos Schapenkoppen, Richie Musaba mostrou que estava com a perna direita calibrada e fez o segundo gol dos Schapenkoppen após receber passe de Mathis Suray, novamente da entrada da grande área. Dessa vez, Wouter van der Steen ao menos conseguiu se jogar em direção a bola para tentar defender, mas de nada adiantou.

🐉 2×5: Após sofrer os dois gols, o FC Den Bosch acordou na partida. Jorn van Hedel tocou para Ringo Meerveld que passou pela marcação de três defensores do FC Dordrecht, antes de finalizar e aumentar a vantagem dos Dragões Azuis e Brancos.

🐉 2×6: O último gol da partida saiu aos 88 minutos quando Liam Bossin saiu errado e derrubou Romano Postema dentro da grande área. Jesse Rozendal não pensou duas vezes antes de marcar penalidade máxima para os comandados de Jack de Gier. Na cobrança, Jizz Hornkamp fez o segundo dele no jogo e o sexto do FC Den Bosch na partida.

Confira também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *