Quem será o novo ou a nova treinadora da seleção feminina?

 Quem será o novo ou a nova treinadora da seleção feminina?

Faltam pouco mais de três meses para Sarina Wiegman deixar o comando da Holanda e essa pergunta ainda não foi respondida. A vaga ainda está em aberta há quase oito meses e para a analista de futebol do jornal holandês NOS, Leonne Stentler, é uma grande surpresa.

“Suponha que isso tivesse acontecido com os homens. Então era o fim do mundo, certo?” disse a analista.

Em agosto do ano passado, Sarina Wiegman anunciou que deixaria a Holanda ao final das Olimpíadas de Tóquio para assumir a seleção da Inglaterra. Desde então, a KNVB (Koninklijke Nederlandse Voetbalbond) busca um sucessor para ocupar a vaga que a maior treinadora da história do futebol feminino holandês, deixará. Com Sarina Wiegman, a Holanda conquistou a Eurocopa de 2017 e chegou a final da Copa do Mundo de 2019.

A KNVB (Koninklijke Nederlandse Voetbalbond) já tinha informado que a intenção era anunciar um nome até o começo desse ano de 2021 e que esse novo ou nova profissional já viajasse com a delegação holandesa para Tóquio, mas até o momento não houve esse anunciou.

“Desde o início, a KNVB disse que seria uma missão complicada e que a não adiantava querer anunciar logo, mas que queria buscar alguém com as qualidades suficientes para assumir a vaga de Sarina Wiegman” disse Sari van Veenendaal, goleira da Holanda.

A analista da emissora de televisão holandesa NOS, se ressente especialmente do fato de a busca demorar tanto tempo.

“A equipe está focada em algo muito importante, os Jogos Olímpicos, e isso ainda não aconteceu. Essa contratação deveria ter sido feita para esses jogos da Holanda contra Espanha e Austrália”

Sari van Veenendaal também comentou mais sobre esse tema na coletiva realizada ontem em Zeist.

“Nosso foco é único e exclusivamente os Jogos Olímpicos. Arrisco a dizer que ninguém aqui já tem lugar garantido na convocação para as olimpíadas, então não temos que focar em quem será a nossa treinadora após isso. Precisamos garantir nossa vaga entre as convocadas finais e disputar o torneio buscando o título. Esse é o nosso objetivo” completou Sari van Veenendaal.

Um porta-voz da KNVB (Koninklijke Nederlandse Voetbalbond) disse que o grupo de jogadoras será informada sobre o andamento da procura de um novo treinador para a seleção.

O nome de Jessica Torny circula como principal candidata para assumir o comando da Holanda nos próximos meses. A treinadora da Holanda U21 feminina é uma das quatro holandesas, além de Sarina Wiegman, Vera Pauw e Hesterine de Reus que possuem a formação de treinadora de futebol da UEFA (União das Federações Europeias de Futebol).

Outro nome especulado foi do auxiliar técnico de Sarina Wiegman na Holanda, Arjan Veurink mas ele decidiu compor a comissão técnica de Sarina Wiegman na seleção inglesa, além de não ter as certificações necessárias.

Confira também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *