Dick Advocaat confirma caso de COVID-19 no elenco do Feyenoord

 Dick Advocaat confirma caso de COVID-19 no elenco do Feyenoord

Nesta sexta-feira, Dick Advocaat prestou coletiva de imprensa antes do duelo do Feyenoord pela Eredivisie. E o principal tema na coletiva foi o COVID-19, pois um dos jogadores do clube testou positivo para o vírus e desfalcará o clube nesse final de semana.

Mas Dick Advocaat não terá apenas um problema, e sim quatro, pois além do jogador que testou positivo, outros três jogadores também estão em isolamento, após ter tido contato com esse atleta que está infectado pelo vírus.

“Isso interfere demais na nossa preparação para o jogo contra o Fortuna Sittard. Essa infecção aconteceu durante os dois dias de folga que demos aos atletas. O jogador em questão não sabe dizer onde aconteceu” disse Dick Advocaat.

Ainda não se sabe quem serão os jogadores que desfalcarão o Feyenoord nesse final de semana diante do Fortuna Sittard.

Como de costume, antes de mais uma rodada da Eredivisie, todos os jogadores e membros das comissões técnicas são testados para saber se existe alguém com o COVID-19 e esses resultados chegarão amanhã.

“Não sabemos quem mais pode ter sido infectado. Espero que mais nenhum jogador. Amanhã pela manhã teremos a resposta” completou Dick Advocaat.

De acordo com o Feyenoord, é a primeira vez desde o começo de outubro que um jogador do clube testa positivo para o COVID-19. Por questão de privacidade, o clube não divulga quem é.

Além dos quatro desfalques, Dick Advocaat não contará com Nicolai Jørgensen que segue se recuperando de uma leve lesão no tornozelo.

“Nicolai Jørgensen foi ao hospital para realizar exames no tornozelo” disse Dick Advocaat.

Sem cinco jogadores, o Feyenoord tentará vencer o Fortuna Sittard no domingo e reencontrar o caminho das vitórias, apagando a última imagem que deixou antes da parada para os jogos das seleções, quando o Feyenoord empatou em 1 a 1 contra o FC Emmen.

“O pensamento agora é outro. Lógico que queremos apagar aquele jogo contra o FC Emmen, mas precisamos entender onde foi que erramos, caso contrário, iremos empatar ou perder novamente contra uma equipe que, teoricamente, temos totais condições de vitória” disse o treinador de 73 anos.

Um dos jogadores que demonstrou muita insatisfação com o resultado diante do FC Emmen, foi Steven Berghuis. Mas o atacante retornará para Roterdã após uma boa sequência de jogos com a Holanda. Sob o comando de Frank de Boer, Steven Berghuis foi titular nos três jogos contra Turquia, Gibraltar e Letônia, e marcou seus primeiros dois gols com a camisa da seleção.

“Pelo que conversei com Steven Berghuis, a raiva daquele jogo contra o FC Emmen passou. Ele volta com outra cabeça. Esses dias com a seleção holandesa fizeram muito bem para ele. Nós precisamos demais do seu futebol e que ele esteja bem mentalmente e fisicamente para nos ajudar a conquistar as vitórias” completou Dick Advocaat.

Outro ponto que vale ressaltar é que sete jogadores retornarão a Roterdã após defender suas seleções. Steven Berghuis (Holanda), Justin Bijlow, Tyrell Malacia e Lutsharel Geertruida (Holanda U21), Orkun Kökçü (Turquia), Uroš Spajić (Sérvia) e Róbert Boženík (Eslováquia).

Os jogadores sul-americanos como Marcos Senesi (Argentina) e Luis Sinisterra (Colômbia) ficaram em Roterdã, pois os jogos das eliminatórias para a Copa do Mundo na América do Sul foram adiados devido ao surto de COVID-19 que aconteceu no continente.

Confira também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *