Há 40 anos atrás, o PSV faria um convite para Marco van Basten jogar no clube, mas o Ajax ficou com o atleta

 Há 40 anos atrás, o PSV faria um convite para Marco van Basten jogar no clube, mas o Ajax ficou com o atleta

Como seria a história de Marco van Basten caso ele optasse por defender o PSV ao invés do Ajax?

Nunca iremos saber, mas sabemos que hoje se completam 40 anos em que a diretoria do PSV tentou levar o jovem, com então 16 anos, para Eindhoven realizar um teste.

No dia 19 de março de 1981, o PSV fez uma tentativa de segurar Marco van Basten que pertencia ao Elinkwijk.

O Ajax e o FC Utrecht já tinham demonstrado interesse em Marco van Basten, mas o atacante optou por defender os Godenzonen. O mais curioso é que o Ajax possui uma carta em que o PSV enviou para Marco van Basten onde teria feito um convite para o jovem viajar para Eindhoven e realizar um teste com a camisa do clube.

Kees Ploegsma, então secretário do PSV, convidou Marco van Basten para uma partida-teste na carta: “Para facilitar a avaliação de suas habilidades no futebol. Nós reembolsaremos todo e qualquer custo que você venha a ter com a viagem”

Poucas semanas após a carta do PSV, Marco van Basten assinaria com o Ajax para jogar nas categorias de base do clube. O primeiro contrato entre Marco van Basten e Ajax foi todo manuscrito, isso mostra o quanto os Ajacieden estavam querendo finalizar logo o acordo.

Menos de um ano depois, em 3 de abril de 1982, Marco van Basten faria sua estreia com a camisa do Ajax. Ele entrou na partida contra o NEC Nijmegen, na Johan Cruijff Arena.

Confira também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *