Arjen Robben sai de campo com apenas 30 minutos e não ver PSV vencer o FC Groningen por 3 a 1

 Arjen Robben sai de campo com apenas 30 minutos e não ver PSV vencer o FC Groningen por 3 a 1

O jogo mais aguardado da abertura da Eredivisie 2020/21. O duelo entre FC Groningen e PSV Eindhoven marcava o retorno de Arjen Robben aos gramados holandeses.

Quando Serdar Gözübüyük apitou o início da partida, marcou o retorno de Arjen Robben aos gramados holandeses após 16 anos e 155 dias e com isso, ele se tornou o jogador holandês que mais tempo demorou a retornar para a Eredivisie. Essa marca era de Robin van Persie, o centroavante que finalizou sua carreira no Feyenoord, demorou 13 anos e 267 dias para retornar a Eredivisie.

Um jogo recheado de expectativas de ambos os lados. Se o FC Groningen queria ver como Arjen Robben iria se sair, o PSV Eindhoven sob o comando do alemão, Roger Schmidt começaria uma nova caminhada na Holanda.

Mas a expectativa em cima de Arjen Robben durou apenas 30 minutos, foi quando ele sentiu dores e pediu para ser substituído.

Ele não precisou sair na maca, pelo contrário, conseguiu sair andando normalmente, mas foi direto para casa. Arjen Robben saiu dos gramados extremamente abalado e ainda não sabe o que de fato aconteceu com ele.

E o FC Groningen também sentiu muito a saída de Arjen Robben, tanto que com quatro minutos após a saída dele, o PSV Eindhoven abriu o placar com Cody Gakpo.

O jogo começou a ficar mais truncado. O PSV Eindhoven não estava conseguindo fazer seu jogo fluir.

No segundo tempo, o FC Groningen esbouçou uma reação e empatou a partida aos 53 minutos com Tomáš Suslov, que entrou no lugar de Arjen Robben.

Com esse gol, Tomáš Suslov se tornou o segundo jogador mais jovem do FC Groningen a marcar na sua estreia contra o trio de ferro (Feyenoord, Ajax ou PSV).

E quatro minutos mais tarde, aos 57 minutos, o PSV Eindhoven tomou a frente do marcador com gol de Donyell Malen após passe de Noni Madueke.

Noni Madueke seria fundamental novamente para o PSV Eindhoven ampliar o marcador aos 87 minutos com Cody Gakpo. A alteração feita por Roger Schmidt deu certo e ajudou os Boeren a retornarem para Eindhoven com os três pontos.

Um detalhe interessante sobre Noni Madueke é que ele se tornou o jogador mais jovem do PSV, nesse século, a dar duas assistências para gols em uma única partida da Eredivisie.

Vale lembrar que ainda antes dos Eindhovenaren marcarem o terceiro gol, Sergio Padt defendeu a penalidade cobrada por Donyell Malen.

No próximo final de semana, o PSV Eindhoven tentará buscar os 100% de aproveitamento em casa contra o FC Emmen.

Já o FC Groningen viajará para Haia, ainda não se sabe se Arjen Robben irá com a delegação, para enfrentar o ADO Den Haag.

Tarcisio Neri

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *