Holanda U21 massacra Bielorrússia e continua 100% nas Eliminatórias para Eurocopa U21

 Holanda U21 massacra Bielorrússia e continua 100% nas Eliminatórias para Eurocopa U21

Nessa sexta-feira, em Zhodzina, no Estádio Torpedo, a Holanda U21 sob o comando de Marcel Groninger e com a ajuda de jogadores do AZ Alkmaar, massacrou a Bielorrússia U21 por 7×0.

Vale lembrar que a preparação para esse jogo foi bastante complicado, para falarmos o mínimo. O treinador efetivo da seleção (Erwin van de Looi) subiu para a seleção principal para ajudar Dwight Lodeweges nos dois jogos que fará como treinador da equipe. Marcel Groninger que é auxiliar de Erwin van de Looi na Holanda U21, está como treinador da seleção nesses dois jogos. Além disso, jogadores como Javairo Dilrosun, Daishawn Redan, Deyovaisio Zeefuik (todos do Hertha BSC) e Tahith Chong (Werder Bremen) não foram autorizados pelos seus clubes a participar dessa partida. Sem falarmos de Owen Wijndal, Perr Schuurs e Mohamed Ihattaren que estão servindo a seleção principal. Será que teve problemas para Marcel Groninger contornar?

Para a sorte de Marcel Groninger, ele não teria um adversário dos mais fortes pela frente.

Em relação a escalação, Marcel Groninger fez nada mais, nada menos do que sete alterações em comparação ao time que venceu Gibraltar na última partida válida pelas eliminatórias para Eurocopa. Maarten Paes, Deyovaisio Zeefuik, Owen Wijndal, Perr Schuurs, Justin Kluivert, Cody Gakpo e Javairô Dilrosun ficaram de fora e em seus lugares Marcel Groninger escalou Justin Bijlow, Danilho Doekhi, Mitchel Bakker, Jordan Teze, Ryan Gravenberch, Myron Boadu e Noa Lang.

A Laranja precisou de apenas dois minutos para abrir o placar. Jordan Teze pisou na grande área e tocou para Myron Boadu de cabeça estufar as redes de Pavel Pavlyuchenko.

A noite não seria das melhores para o goleiro bielorrusso. Aos 07 minutos, Dumitru Muntean puxou o primeiro cartão do jogo e foi exatamente o vermelho para o zagueiro da Bielorrússia, Dmitry Pryshchepa e de quebra, a Holanda U21 ganhou um pênalti. Teun Koopmeiners cobrou e aumentou a vantagem para os jovens holandeses.

Aos 33 minutos, Myron Boadu apareceu novamente, dessa vez com assistência de Ferdi Kadıoğlu. O primeiro tempo terminava com um domínio enorme da Holanda em cima da Bielorrússia, com 82% de posse de bola e nada mais do que 18 finalizações em direção ao gol de Pavel Pavlyuchenko, contra apenas duas finalizações dos bielorrussos.

No segundo tempo, a Holanda U21 continuou indo para cima e ampliou para 4×0 com Dani de Wit recebendo passe de Noa Lang. Com a vitória praticamente assegurada, Marcel Groninger começou a fazer mudanças na equipe.

Aos 65 minutos, Danilho Doekhi, Teun Koopmeiners e Myron Boadu deixaram o campo para as entradas de Jurriën Timber, Abdou Harroui e Kaj Sierhuis.

Dois minutos após as mexidas de Marcel Groninger, a Holanda U21 chegou ao quinto gol com Dani de Wit novamente, após receber mais uma assistência de Noa Lang.

Aos 81 minutos, Kaj Sierhuis deixou a sua marca e aos 90, Abdou Harroui fez o sétimo gol da Holanda U21 e o último da partida.

Destaque da Partida – SofaScore

Noa Lang (AFC Ajax): O garoto do AFC Ajax não fez nenhum gol na partida, mas foi fundamental com duas assistências durante os 90 minutos que esteve em campo. Com uma precisão de 88% (87/99) de passes corretos, ele foi o pulmão no lado direito de ataque da Holanda U21. Nota: 8.7

Jordan Teze (PSV Eindhoven): O jovem lateral direito do PSV Eindhoven, fez uma bela parceria com Noa Lang no lado direito do campo e infernizou a vida dos bielorrussos, para ser mais preciso a vida de Vladislav Lyakh. Sempre chegando com muita força no ataque, Jordan Teze foi responsável por dois passes para gol. Nota: 8.7

Piores da Partida – SofaScore

Dmitry Pryshchepa (FK Minsk): Com apenas sete minutos de jogo, o jovem zagueiro foi expulso por tentar impedir com a mão um dos gols da Holanda. Não teria como ser diferente, ele prejudicou demais sua seleção por tomar essa atitude e abriu um caminho enorme para a grande vitória da Holanda. Nota: 3.0

Classificação Geral

Com essa vitória, a Holanda U21 mantém os 100% de aproveitamento e chega a 15 pontos em cinco jogos. A equipe mantém os três pontos de vantagem para os portugueses que venceram seu confronto fora de casa contra o Chipre por 4×0.

Para manter a liderança, a Holanda receberá na próxima terça-feira, a Noruega e não poderá tirar o olho da partida entre Portugal e Bielorrússia que acontecerá na terça-feira, em Oeiras, Portugal.

Tarcisio Neri

Confira também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *