Tottenham Hotspur FC faz mais uma vítima holandesa

 Tottenham Hotspur FC faz mais uma vítima holandesa

No New Tottenham Hotspur Football Stadium, o Vitesse chegava para tentar um milagre diante do Tottenham Hotspur FC. A equipe de Thomas Letsch foi valente, mesmo sofrendo três gols no começo da partida. Os Vitas ainda conseguiram fazer dois gols, mas viu dois jogadores serem expulsos e tudo ficou ainda mais complicado. No fim, o Vitesse retorna para a Holanda com uma derrota por 3 a 2 e dois desfalques importantes para o jogo contra o Stade Rennes na próxima rodada da UEFA Conference League.

🇳🇱 O Vitesse não pode perder mais nenhuma das duas últimas partidas que restam na fase de grupos da UEFA Conference League, caso queira avançar para o mata-mata do torneio. O próximo compromisso da equipe dentro da UEFA Conference League será contra o Stade Rennes na França, mas antes disso terá o FC Utrecht e PSV pela Eredivisie.

🏴󠁧󠁢󠁥󠁮󠁧󠁿 Após ser goleado em casa para o Manchester United FC, Nuno Espírito Santo foi demitido e Antonio Conte foi contratado. Em seu primeiro jogo como treinador dos Spurs, Antonio Conte fez apenas uma mexida. Reguilón entrou na vaga de Giovani Lo Celso e o treinador italiano mudou o esquema de jogo para o 3-4-3.

📋 Tottenham Hotspur FC: Hugo Lloris, Reguilón, Cristian Romero, Emerson Royal, Eric Dier, Ben Davies, Pierre-Emile Højbjerg, Oliver Skipp, Heung-min Son, Harry Kane e Lucas Moura.

🇳🇱 Para tentar surpreender os britânicos na Inglaterra, Thomas Letsch fez três mudanças na sua equipe. Maximilian Wittek, Matúš Bero e Thomas Buitink voltaram ao time titular e com isso sobrou para Tomáš Hajek, Oussama Darfalou e Loïs Openda ficarem no banco de reservas.

📋 Vitesse: Markus Schubert, Eli Dasa, Danilho Doekhi, Jacob Rasmussen, Riechedly Bazoer, Maximilian Wittek, Sondre Tronstad, Yann Gboho, Matúš Bero, Nikolai Baden Frederiksen e Thomas Buitink.

🏴󠁧󠁢󠁥󠁮󠁧󠁿 1×0: Aos 14 minutos, Pierre-Emile Højbjerg deixou Lucas Moura na boa para marcar. O atacante brasileiro finalizou em cima de Markus Schubert. O goleiro deu rebote e quando a bola estava perto dos pés de Harry Kane, Markus Schubert conseguiu desviar a bola, mas mandou nos pés de Heung-min Son que viu o gol vazio e finalizou para abrir a contagem no New Tottenham Hotspur Football Stadium.

🏴󠁧󠁢󠁥󠁮󠁧󠁿 2×0: Em uma falha de marcação da defesa do Vitesse, o Tottenham Hotspur FC ampliou. Harry Kane saiu da marcação de Riechedly Bazoer e tocou para Lucas Moura que tinha o campo livre para correr e sair na cara de Markus Schubert. O atacante brasileiro teve toda a tranquilidade necessária para finalizar rasteiro e ampliar a vantagem dos Spurs.

🏴󠁧󠁢󠁥󠁮󠁧󠁿 3×0: Aos 28 minutos, o Tottenham Hotspur FC chegou ao terceiro gol. Ben Davies recebeu dentro da grande área e tocou para Harry Kane que estava na pequena área do Vitesse. O atacante britânico finalizou sem jeito, mas graças ao desvio em Jacob Rasmussen a bola morreu no fundo das redes de Markus Schubert.

🇳🇱 3×1: Aos 32 minutos, o Vitesse descontou. Em cobrança de escanteio, Maximilian Wittek mandou na cabeça de Jacob Rasmussen que pulou mais alto que a defesa do Tottenham Hotspur FC e finalizou de cabeça para fazer o primeiro dos Vitas.

🇳🇱 3×2: Aos 39 minutos, Yann Gboho tocou para Matúš Bero dentro da grande área. O atacante finalizou rasteiro, tirando qualquer chance de defesa por parte de Hugo Lloris.

Confira também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *