Riechedly Bazoer diz não a Curaçao

 Riechedly Bazoer diz não a Curaçao

A seleção de Curaçao continua reforçando sua equipe e para isso, os olhares atentos da comissão técnica para diversos nomes que podem vestir a camisa do país que atuam na Holanda e também podem defender a seleção holandesa.

Um dos casos é a situação de Riechedly Bazoer. O defensor e meio-campista do Vitesse estaria nos planos da seleção de Curaçao, mas o jovem atleta formado nas categorias de base do Ajax já deixou claro que não pretende defender Curaçao.

A expectativa é que ele receba o convite para jogar por Curaçao na Copa Ouro que acontecerá ainda nesse ano de 2021. Riechedly Bazoer já foi convocado para a seleção holandesa e jogou seis partidas.

Riechedly Bazoer foi um dos nomes surpreendentes na pré-convocação de Curaçao para disputar a próxima edição da Copa Ouro. Além dele, nomes como Tyrell Malacia e Lutsharel Geertruida do Feyenoord, Joshua Brenet, Tahith Chong, Sherel Floranus, Ruben Kluivert, Armando Obispo, Quinten Timber e Ricardo van Rhijn também estiveram na pré-convocação.

Com apenas 24 anos, Riechedly Bazoer continua pensando em defender a seleção holandesa.

“Guus Hiddink me abordou algumas vezes, tentando me convencer a jogar por Curaçao, mas falei que não quero nesse momento. Ainda sonho em voltar a jogar pela Holanda e estou treinando a cada diz mais para isso” disse Riechedly Bazoer.

Confira também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *