Daley Blind e Marten de Roon conversaram com a imprensa nessa quarta-feira

 Daley Blind e Marten de Roon conversaram com a imprensa nessa quarta-feira

Poucos antes do início da Eurocopa, Daley Blind e Marten de Roon realizaram a coletiva de imprensa nessa quarta-feira. Em Zeist, na Holanda, os dois se sentaram para conversar com os jornalistas. Enquanto Daley Blind se cansou de receber perguntas sobre a sua falta de velocidade na defesa, Marten de Roon parece ter colocado um ponto final na discussão se ele deveria ou não está entre os convocados da seleção.

“Lógico que gostaria de ser mais rápido, mas aprendi a me posicionar bem em campo e usar mais a minha inteligência para ajudar minha equipe. Hoje, esse ponto não é um problema para mim, prova disso é que jogo em um dos maiores clubes do mundo e estou brigando para ser titular na seleção do meu país” disse Daley Blind.

Já Marten de Roon, que é um dos principais jogadores da Atalanta Bergamo a várias temporadas, está sob forte pressão na seleção holandesa. E uma das primeiras perguntas foi sobre ele ter perdido 13 bolas no meio de campo, apenas no primeiro tempo de jogo contra a Geórgia, proporcionando diversas chances ao adversário.

“Eu me sinto valorizado pela comissão técnica e procuro não ler muito as mídias, principalmente aqui da Holanda. Já estou cansado de ter que ficar me justificando a cada jogada, a cada partida. Se estou aqui e estou, recorrentemente entre os titulares, é porque algo de bom consigo oferecer para a seleção, caso contrário, Frank de Boer já teria parado de me convocador a muito tempo” completou Marten de Roon.

O volante da Holanda continuou falando sobre o jogo contra a Geórgia.

“A cada bola que perdia contra a Geórgia, todas essas críticas voltavam para a minha cabeça. Simplesmente, respirei e continuei confiando em mim. Errei e faz parte, sou ser humano, mas também tive bons momentos dentro da partida que acredito ter justificado minha titularidade, mas se para vocês da imprensa, o que vale são apenas os meus erros, paciência, não posso fazer muita coisa por isso” falou Marten de Roon.

Por muito tempo, Marten de Roon entendeu que havia um debate forte na Holanda sobre sua convocação para a seleção. Poucos dias antes do início da Eurocopa, ele parece ter colocado um ponto final nesse tema.

“Por muito tempo, diversas pessoas na Holanda falavam que Davy Pröpper deveria ser titular ao invés de mim. Depois, foi a vez de falaram de Davy Klaassen, Donny van de Beek e agora Ryan Gravenberch que é um jogador sensacional. Mas venho mostrando dentro de campo que mereço está no meio de tantos talentos” falou Marten de Roon.

Daley Blind comentou sobre sua preparação física. Ele não ficou em campo durante toda a partida contra a Geórgia, mas afirma ter totais condições de começar como titular contra a Ucrânia na estreia da Eurocopa.

“Eu esperava que iria sentir alguma dor no meu tornozelo, mas nada aconteceu. O trabalho do Departamento Médico tanto da seleção quanto do Ajax foi fundamental para fazer com que eu tivesse condições de voltar a jogar. Estou feliz e apto para jogar contra a Ucrânia no domingo, caso Frank de Boer opte por mim” disse Daley Blind.

Confira também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *