AZ Alkmaar vence Fortuna Sittard no AFAS Stadion pelo placar mínimo

 AZ Alkmaar vence Fortuna Sittard no AFAS Stadion pelo placar mínimo

Neste sábado, o AZ Alkmaar sabia que apenas a vitória interessava para continuar sonhando com a segunda colocação da Eredivisie. Os comandados de Pascal Jansen tiveram bastante dificuldade para furar a defesa montada por Sjors Ultee e graças a um pênalti em Jesper Karlsson, Albert Guðmundsson marcou o gol da vitória por 1 a 0 dos Alkmaarders.

🧀 Com a vitória, o AZ Alkmaar voltou para a segunda colocação e fica dependendo apenas do jogo de amanhã do PSV diante do Willem II. Caso os Boeren consigam somar três pontos em cima dos Tricolores, o PSV voltará para a segunda colocação. O próximo compromisso dos Alkmaarders será contra o FC Groningen, fora de casa.

🔰 Já o Fortuna Sittard segue na sua missão de conquistar uma vaga histórica na Europese Tickets Eredivisie. A equipe comandada por Sjors Ultee parou na 10ª colocação com 40 pontos, três pontos a menos que o primeiro time na zona de classificação para a Europese Tickets Eredivisie.

🧀 Após vencer o RKC Waalwijk por 3 a 1 na rodada passada, Pascal Jansen fez duas mudanças na equipe. Jordy Clasie e Zakaria Aboukhlal voltaram ao time nas vagas de Tijjani Reijnders e Myron Boadu.

📋 AZ Alkmaar: Marco Bizot, Jonas Svensson, Owen Wijndal, Bruno Martins Indi, Timo Letschert, Fredrik Midtsjø, Jordy Clasie, Calvin Stengs, Jesper Karlsson, Zakaria Aboukhlal e Albert Guðmundsson.

🔰 Já Sjors Ultee fez apenas uma mudança. Sebastian Polter voltou ao comando de ataque dos Fortunezen e com isso, Emil Hansson ficou no banco de reservas como uma opção para o decorrer da partida.

📋 Fortuna Sittard: Yanick van Osch, Martin Angha, Roel Janssen, George Cox, Lazaros Rota, Zian Flemming, Mats Seuntjens, Tesfaldet Tekie, Ben Rienstra, Lisandro Semedo e Sebastian Polter.

🧀 1×0: Aos 27 minutos, Bruno Martins Indi lançou Jesper Karlsson na ponta esquerda, o atacante entrou na grande e tocou para o meio da grande área, mas Yanick van Osch atingiu as pernas do jovem atacante. Edwin van de Graaf não pensou duas vezes antes de marcar a penalidade máxima para os Cheeseheads. Na cobrança, Albert Guðmundsson bateu bem, goleiro para um lado e bola para o outro.

Confira também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *