Com dois gols no final da partida, SC Heerenveen vence ADO Den Haag por 3 a 0

 Com dois gols no final da partida, SC Heerenveen vence ADO Den Haag por 3 a 0

Um jogo com repletos de tabus para serem quebrados. Pelo lado do SC Heerenveen, a última vitória da equipe em casa contra o ADO Den Haag foi em 2018 quando bateu o ADO Den Haag por 2 a 0. Já o Residentieclub não vence o SC Heerenveen a seis anos. A última vitória foi em 2015 quando venceu por 4 a 0.

🐄 Com a vitória, o SC Heerenveen chegou aos 33 pontos e está a três pontos do primeiro time na zona dos Play-Offs para disputar uma vaga em competições europeias. O próximo jogo dos Heerenveners será contra o Willem II em Tilburg.

🦢 Pelo lado do ADO Den Haag, a equipe voltará para Haia e receberá o Heracles Almelo. Com apenas 15 pontos somados, os comandados de Ruud Brood continuam lutando para fugir da 17ª colocação, posição que rebaixa diretamente o clube para a Keuken Kampioen Divisie da próxima temporada.

🐄 Johnny Jansen manteve o mesmo time que foi eliminado na Copa da Holanda no meio de semana para o Ajax.

SC Heerenveen: Erwin Mulder, Jan Paul van Hecke, Ibrahim Drešević, Paweł Bochniewicz, Rami Kaib, Siem de Jong, Joey Veerman, Lasse Schöne, Tibor Halilović, Henk Veerman e Mitchell van Bergen.

🦢 Ruud Brood também não fez nenhuma alteração na equipe titular.

ADO Den Haag: Martin Fraisl, Milan van Ewijk, Boy Kemper, Shaquille Pinas, Jamal Amofa, John Goossens, Nasser el Khayati, Marko Vejinović, Bobby Adekanye, Michiel Kramer e Ricardo Kishna.

🐄 1×0: Com apenas oito minutos de bola rolando, o SC Heerenveen abriu o placar. Henk Veerman tocou para Siem de Jong que precisou finalizar duas vezes para colocar a bola no ângulo direito de Martin Fraisl.

🐄 2×0: Aos 78 minutos, em um passe completamente errado de Marko Vejinović deixou Henk Veerman roubar a bola e sair de cara com Martin Fraisl. O experiente centroavante mostrou porque é um dos atacantes mais perigosos da atual edição da Eredivisie, não perdoou e estufou as redes do Residentieclub.

🐄 3×0: No final da partida, aos 88 minutos, para sacramentar a vitória dos Fries, Rami Hajal deixou Joey Veerman na boa para ampliar a vantagem e colocar números finais na partida.

Confira também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *