Nos acréscimos, FC Utrecht garante vitória diante do RKC Waalwijk

 Nos acréscimos, FC Utrecht garante vitória diante do RKC Waalwijk

Neste sábado, o FC Utrecht viajou até Waalwijk para enfrentar o RKC Waalwijk e os Utregs tinham um tabu pela frente, a equipe comandada por René Hake não vencia o RKC Waalwijk jogando no Mandemakers Stadion desde 2012.

Mas nesse final de semana, a equipe conseguiu derrubar esse tabu nos acréscimos, quando a arbitragem marcou penalidade máxima para o FC Utrecht e Sander van de Streek fez o gol da vitória por 2 a 1.

⛪ Com a derrota, o RKC Waalwijk parou nos 23 pontos, mas continuou na 14ª colocação. O próximo compromisso dos comandados de Fred Grim será contra o Sparta Rotterdam, em Roterdã.

🌿 Já o FC Utrecht se recuperou da derrota em casa para o FC Emmen e chegou aos 37 pontos, assumindo a 7ª colocação. No próximo dia 13, a equipe viajará para Alkmaar, onde jogará contra o AZ Alkmaar no AFAS Stadion.

⛪ Fred Grim manteve o mesmo time titular que empatou em 0 a 0 contra o ADO Den Haag na rodada passada.

RKC Waalwijk: Kostas Lamprou, Melle Meulensteen, Paul Quasten, Saïd Bakari, Ahmed Touba, Vurnon Anita, Anas Tahiri, Richard van der Venne, Thijs Oosting, Ola John e Lennerd Daneels.

🌿 Por outro lado, René Hake não gostou do que viu na derrota para o FC Emmen em casa e fez duas mudanças. Mark van der Maarel e Mimoun Mahi foram titulares e com isso Django Warmerdam e Othman Boussaid voltaram para o banco de reservas.

FC Utrecht: Eric Oelschlägel, Mark van der Maarel, Hidde ter Avest, Willem Janssen, Tommy St. Jago, Adam Maher, Joris van Overeem, Sander van de Streek, Bart Ramselaar, Gyrano Kerk e Mimoun Mahi.

🌿 0x1: Com apenas 12 minutos de bola rolando, Mimoun Mahi não desperdiçou a chance que teve e estufou as redes de Kostas Lamprou.

⛪ 1×1: Apenas na segunda etapa, mais precisamente aos 53 minutos, Anas Tahiri serviu Richard van der Venne que deixou tudo igual no Mandemakers Stadion.

🌿 1×2: Mas no último minuto da partida, Ahmed Touba derrubou Gyrano Kerk dentro da grande área. Sander van der Eijk precisou da ajuda do VAR (Video Assistant Referee) para marcar penalidade máxima para os Utregs. Na cobrança, Sander van de Streek garantiu a vitória dos Utregs.

Confira também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *