Querendo ficar próximo da família, Siem de Jong opta por retornar para a Holanda

 Querendo ficar próximo da família, Siem de Jong opta por retornar para a Holanda

Depois de menos de um ano no FC Cincinnati, Siem de Jong é novamente um jogador de um clube holandês. A partir da próxima segunda-feira, ele já começará a treinar com o elenco do SC Heerenveen, clube no qual assinou um vínculo que terá duração de uma temporada e meia.

A distância de amigos e familiares por causa do COVID-19, fez com que Siem de Jong tivesse a intenção de retornar para a Holanda e o SC Heerenveen abriu as portas para o experiente meia de 31 anos.

“Nós estamos vivendo um ano completamente diferente. Por causa de todas as incertezas que estamos vivendo, escolhi retornar para a Holanda”

Nos Estados Unidos, ele jogou apenas 13 jogos com a camisa do FC Cincinnati que fez uma péssima campanha e está sendo dirigido por Jaap Stam.

“Analisando a parte esportiva, não consegui me firmar na equipe titular do FC Cincinnati. Foi muito bom trabalhar com Jaap Stam. Ele é um treinador ainda com uma caminhada curta. A COVID-19 acabou desempenhando um papel fundamental para o meu retorno para a Holanda. Quero ficar próximo das pessoas que amo”

Siem de Jong terá mais de 20 dias para ficar apto fisicamente e se tornar uma opção viável para Johnny Jansen. O seu contrato com o FC Cincinnati ainda está em andamento, mas o clube norte-americano já liberou o atleta para treinar com o SC Heerenveen.

“Eu terei até o início de janeiro para me preparar fisicamente. Isso faz total diferença na preparação”

Ele sabia que os principais clubes da Holanda não iriam atrás do seu trabalho nesse momento.

“Eu sei da minha condição atual. Sei que clubes como AZ Alkmaar e Ajax não iriam vim atrás de mim neste momento. Quando o SC Heerenveen abriu as portas para mim, não pensei duas vezes. É uma excelente oportunidade para recomeçar na minha carreira e na Holanda”

No SC Heerenveen, Siem de Jong vestirá a camisa de número seis.

“É um ótimo clube e a equipe vem se estruturando para ter mais condições de continuar brigando forte na parte de cima da tabela. Os resultados nas últimas partidas não foram muito bons. A equipe mostra gostar de ter a bola, mas peca na finalização. Espero contribuir par que possamos continuar avançando”

Um ponto também que pode ter feito Siem de Jong assinar com o SC Heerenveen foi que ele trabalhará perto da sua avó que mora em Heerenven.

“Eu costumava vim muitas vezes aqui na cidade para reencontrar minha avó. Claro que ela ficou muito feliz com a notícia de que jogarei no clube da cidade. Infelizmente, não poderei visitá-la com frequência por causa do COVID-19”

Confira também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *