Holanda vence a Polônia, mas é eliminado da segunda edição da Liga das Nações

 Holanda vence a Polônia, mas é eliminado da segunda edição da Liga das Nações

Nesta quarta-feira, a Holanda entrou em campo para disputar a última partida da fase de grupos da UEFA Nations League. Diante da Polônia, apenas a vitória poderia fazer a Laranja continuar sonhando com uma vaga na próxima fase da competição.

Mas mesmo vencendo, a Holanda precisava que a Bósnia e Herzegovina conseguisse atrapalhar a vida dos italianos e não foi bem isso que aconteceu.

Os comandados de Frank de Boer até que fizeram sua lição de casa, mas os bósnios perderam para os italianos por 2 a 0 e com esse resultado, a Holanda foi eliminada da competição.

Com gols de Memphis Depay e Georginio Wijnaldum, a Holanda venceu a Polônia por 2 a 1 de virada em Chorzow. A Laranja terminou a competição na segunda colocação do grupo e viu a Bósnia e Herzegovina ser rebaixada para a segunda divisão da UEFA Nations League.

Após as seis rodadas da fase de grupos, a Holanda terminou a competição na segunda colocação do Grupo 1, com 11 pontos e viu a Itália se classificar para a próxima fase do torneio.

A próxima competição na qual a Holanda jogará é apenas em junho de 2021, mais precisamente a Eurocopa que deveria ter acontecido neste ano de 2020, mas devido a pandemia foi adiado.

Antes disso, haverá algumas datas FIFA, mas até agora a KNVB (Koninklijke Nederlandse Voetbalbond) não divulgou o cronograma de amistosos da seleção no próximo ano, antes da Eurocopa.

Em relação ao jogo contra a Bósnia e Herzegovina onde a Holanda venceu por 3 a 1, Frank de Boer fez algumas mudanças na equipe titular.

A defesa houve mudança nas duas laterais, Owen Wijndal e Denzel Dumfries deixaram a equipe titular para as entradas de Hans Hateboer e Patrick van Aanholt.

O meio de campo permaneceu igual nos dois jogos da UEFA Nations League, já o ataque recebeu duas mudanças. Steven Berghuis e Luuk de Jong deixaram a equipe para as entradas de Calvin Stengs e Donyell Malen.

Tim Krul; Patrick van Aanholt, Daley Blind e Stefan de Vrij, Hans Hateboer; Davy Klaassen, Frenkie de Jong e Georginio Wijnaldum; Memphis Depay, Calvin Stengs e Donyell Malen.

🔴 1×0: Quem abriu o placar no Śląski, foi a Polônia. Aos 05 minutos, em uma bola perdida por Hans Hateboer, os poloneses desceram em rápido contra-ataque com Kamil Jóźwiak. Sem nenhuma cobertura, Kamil Jóźwiak venceu de Davy Klaassen na velocidade, entrou na grande área, driblou Daley Blind e mandou para o fundo das redes de Tim Krul.

🟠 1×1: Aos 76 minutos, em uma jogada que parecia não dar em nada, resultou em uma penalidade máxima para os holandeses. Daley Blind mandou a bola para a grande área, Denzel Dumfries pulou mais alto que a defesa da Polônia e tocou de cabeça para Georginio Wijnaldum que quando tentou dominar a bola, sofreu uma carga faltosa por trás. Orel Grinfeld não pensou duas vezes e marcou pênalti para os visitantes e mostrou amarelo para Jan Bednarek.

Na cobrança, Memphis Depay não desperdiçou a excelente chance de colocar a Holanda de vez no jogo. Łukasz Fabiański pulou para um lado e a bola foi para o outro.

🟠 1×2: Com o empate, a Holanda voltou a demonstrar que queria vencer a partida, mesmo sabendo que já estava sendo eliminado, mesmo que vencesse. Em cobrança de escanteio aos 84 minutos, Steven Berghuis mandou na cabeça de Georginio Wijnaldum que desviou e a bola bateu em Krzysztof Piątek e tomou o caminho do fundo das redes de Łukasz Fabiański.

Tarcisio Neri

Confira também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *