Holanda vence Bósnia com dois gols de Wijnaldum e um de Depay

 Holanda vence Bósnia com dois gols de Wijnaldum e um de Depay

Quando o juiz apitou o final da partida entre Holanda e Espanha, muitos começaram a ter um pouco mais de esperança e confiança no trabalho de Frank de Boer.

Aquele amistoso na última quarta-feira terminou empatado em 1 a 1, mas muita coisa boa foi vista, principalmente no segundo tempo quando Frank de Boer começou a mexer mais na equipe.

Hoje, diante da Bósnia e Herzegovina a Holanda conseguiu atingir o melhor nível até agora com Frank de Boer no comando. A equipe Laranja bateu os bósnios por 3 a 1 e se mantém vivos na briga por uma vaga na próxima fase da UEFA Nations League.

Com a vitória, a Holanda chegou aos oito pontos em cinco jogos e está a um ponto atrás da Itália que venceu seu compromisso em casa diante da Polônia por 2 a 0.

O próximo compromisso da Holanda será contra a Polônia fora de casa e a Itália terá tudo para garantir sua vaga na próxima fase ao visitar a já rebaixada Bósnia e Herzegovina.

Para a Holanda atingir a próxima fase, terá que vencer a Polônia fora de casa e torcer por qualquer tropeço da Itália diante da Bósnia e Herzegovina.

Foram cinco mudanças em relação ao time que empatou em 1 a 1 contra a Espanha no meio de semana. No gol, Tim Krul voltou a ser titular e Marco Bizot voltou para o banco de reservas.

Na defesa, a dupla de zagueiros foi formada por Daley Blind e Stefan de Vrij. As laterais ficaram com Denzel Dumfries e Owen Wijndal. O meio de campo ficou mais leve com Davy Klaassen, Frenkie de Jong e Georginio Wijnaldum.

Já o ataque foi o mesmo que começou contra a Espanha, com Steven Berghuis na direita, Memphis Depay na esquerda e Luuk de Jong no comando do ataque.

🟠 Holanda: Tim Krul, Owen Wijndal, Denzel Dumfries, Stefan de Vrij, Daley Blind, Georginio Wijnaldum, Davy Klaassen, Frenkie de Jong, Memphis Depay, Luuk de Jong e Steven Berghuis.

🇳🇱 1×0: Com apenas seis minutos de bola rolando, Denzel Dumfries serviu Georginio Wijnaldum que abriu a contagem na Johan Cruijff Arena.

🇳🇱 2×0: Sete minutos após abrir o marcador, a Holanda chegou ao segundo novamente com Georginio Wijnaldum. Dessa vez, o garçom foi Steven Berghuis.

🇳🇱 3×0: No segundo tempo, mais precisamente aos 10 minutos, Denzel Dumfries foi novamente o garçom e serviu Memphis Depay que já vinha merecendo seu golzinho na partida.

🇧🇦 3×1: Mas aquilo que não poderia acontecer, acabou acontecendo, a Bósnia e Herzegovina descontou aos 63 minutos com Smail Prevljak após receber passe de Edin Višća.

Tarcisio Neri

Confira também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *