Dwight Lodeweges reconhece superioridade italiana

 Dwight Lodeweges reconhece superioridade italiana

Depois da derrota para a Itália, Dwight Lodeweges conversou com a imprensa holandesa sobre o que aconteceu com a seleção.

“A Itália jogou da forma que queremos jogar” disse o comandante.

Tudo indica que essa seja a última partida de Dwight Lodeweges no comando da Holanda.

“A Itália é uma grande seleção. Para mim, eles agora pertencem às quatro seleções mais fortes do mundo. Infelizmente, jogamos muito separados, especialmente no primeiro tempo. Isso também aconteceu devido à alta mudança de posições deles”

O lateral esquerdo da Itália, Leonardo Spinazzola infernizou a vida da defesa holandesa.

“Isso fez com que Hans Hateboer tivesse que parar dois jogadores ao mesmo tempo. Depois de sofrermos o gol, conseguimos respirar mais. A bola ficou mais tempo no nosso pé e começamos a criar chances. Poderíamos ter feito o gol do empate, da mesma forma que poderíamos ter sofrido o segundo gol”

Roberto Mancini fez sete mudanças no time titular para o jogo dessa segunda-feira e Dwight Lodeweges foi questionado por qual motivo fez apenas uma alteração na equipe titular.

“A Itália é uma grande seleção, então, não queria colocar nenhum estreante de início em uma partida assim” disse Dwight Lodeweges.

A Holanda terá três compromissos no mês de outubro. Um amistoso contra o México e dois jogos pela Liga das Nações contra Bósnia e Herzegovina e Itália.

Dwight Lodeweges já avisou que não ficará no comando da seleção para esses jogos.

“A federação me pediu ajuda para esses jogos. Não sei quem irá assumir a partir de agora. Estaremos aqui para ajudar no que for necessário”

Tarcisio Neri

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *