Nathan Aké fala sobre oportunidade que se abre nos jogos contra Polônia e Itália

 Nathan Aké fala sobre oportunidade que se abre nos jogos contra Polônia e Itália

A Holanda jogará contra a Polônia na próxima sexta-feira. Sem Daley Blind, uma vaga na lateral esquerda fica em aberta e o mais provável, é que Nathan Aké assume a posição deixada pelo defensor do AFC Ajax. O jogador agora é atleta do Manchester City FC e quer continuar a boa fase na seleção holandesa.

Para Nathan Aké, nada mudou quando ele se apresentou para a seleção holandesa nessa semana em Zeist.

“Estou em um dos melhores clubes do mundo, sendo treinado por um dos melhores treinadores do mundo”

Nathan Aké

Com Donny van de Beek indo para o Manchester United FC, Dwight Lodeweges terá dois jogadores importantes vestindo a camisa de dois clubes poderosos da Inglaterra.

“Isso é ótimo para a seleção, mas não vai mudar muito para mim. Eu ainda sou o mesmo cara e ainda tenho que trabalhar muito duro para conquistar o meu espaço tanto na seleção quanto no Manchester City”

Nathan Aké

No Manchester City FC, ele apenas fez treinamentos individuais com preparadores do clube. Os novos companheiros de Nathan Aké estavam em Portugal disputando a UEFA Champions League 2019/20.

“A última vez que joguei foi em julho, mas posso jogar, caso contrário, não estaria aqui”

Nathan Aké

Nathan Aké enxerga nos jogos contra Polônia e Itália uma grande oportunidade para tentar se firmar na equipe titular.

“Todos que aqui estão, são grandes jogadores. A disputa por uma vaga é muito acirrada. Isso é bom para a nossa seleção. Sempre fui um jogador que aceitou e gostou de desafios. Quando fui do ADO Den Haag para o Feyenoord muito jovem, foi um dos grandes desafios da minha carreira. Depois surgiu um ainda maior, se mudar para o Chelsea FC. Fui emprestado duas vezes e agora estou no Manchester City”

Nathan Aké

Nathan Aké também comentou sobre a saída de Ronald Koeman do comando da seleção.

“Nós confiamos em Dwight Lodeweges. Não ficamos chocados com a saída de Ronald Koeman, afinal, ele já tinha dito que era o sonho dele treinar o FC Barcelona. Não sei como a KNVB resolverá isso, é um problema que os dirigentes terão que tratar”

Nathan Aké

Confira também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *