Frank de Boer: “Nós tivemos cinco boas chances, nós tínhamos que ter feito uma”

 Frank de Boer: “Nós tivemos cinco boas chances, nós tínhamos que ter feito uma”

Após a derrota por 1 a 0 par ao México, a Holanda decepcionou novamente ao empatar em 0 a 0 contra a Bósnia e Herzegovina fora de casa.

“Nós tivemos entre quatro a cinco chances reais de fazer gols e não conseguimos. Em jogos como esses, é fundamental aproveitar alguma dessas poucas oportunidades” disse Frank De Boer após o jogo.

Um erro frequente nos times treinado por Frank De Boer parece se repetir nesse começo de trabalho na seleção holandesa, a lentidão na qual suas equipes costumam jogar.

Nos primeiros 70 minutos, apenas uma boa chance foi criada quando em cobrança de falta, Stefan de Vrij cabeceou com perigo, mas mandou para fora.

Quando Steven Berghuis entrou no lugar de Donyell Malen, finalmente a Holanda começou a produzir mais.

“Eu discordo. O adversário complicou demais a nossa vida. Eles souberam defender de forma agrupada. Então precisamos ser paciente e rodar o jogo até encontrar um espaço na defesa. Nós precisamos melhorar na recomposição, pois quando a Bósnia e Herzegovina recuperava a bola, nossa defesa ficava muito exposta”

Frank De Boer não acredita que haja motivos para pânico.

“Nós gostaríamos de ter saído daqui com uma vitória, afinal foi para isso que viemos aqui. No mês passado, eles empataram com a Itália na Itália em 1 a 1. Será que eles precisam entrar em pânico?”

Frank De Boer e seus comandados já estão viajando para Milão nesta noite. Na próxima quarta-feira, a Holanda jogará contra a Itália fora de casa e caso perca para os italianos, poderá dizer adeus às chances de classificação para a próxima fase.

Tarcisio Neri

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *