O que faz o FC Barcelona e Bayern de Munique querer pagar 20 milhões por Sergiño Dest?

 O que faz o FC Barcelona e Bayern de Munique querer pagar 20 milhões por Sergiño Dest?

Tudo indica que Sergiño Dest seja a primeira compra de Ronald Koeman no comando do FC Barcelona. O que acontece para que um dos maiores clubes que vive uma reconstrução dentro e fora de campo, possa pensar no nome de Sergiño Dest para ser sua primeira compra nessa remontagem?

É muito estranho que Sergiño Dest não queira ser a primeira compra do FC Barcelona de Ronald Koeman. Depois de um acordo entre espanhóis e o Ajax sobre os 20 milhões de euros que os Ajacieden querem para liberar o defensor de apenas 19 anos, tudo indica que ele será anunciado em breve pelo clube. Na próxima segunda-feira ele estará indo para a Espanha realizar os exames médicos e posteriormente ser apresentado como novo jogador do FC Barcelona.

Após perder em campo por 8 a 2 para o Bayern München, o FC Barcelona parece que conseguiu dar um troco no rival alemão ao vencer a corrida para ver qual dos dois times iria levar Sergiño Dest.

“Os laterais são os novos criadores de jogo” disse Erik ten Hag recentemente.

A função de zagueiro e lateral evoluiu demais ao longo dos últimos anos. A sua principal força não está mais em saber defender e sim em saber construir jogadas. Sergiño Dest possui características que todos os treinadores querem em um defensor e diversas vezes foi comparado a Daniel Alves.

Com apenas 23 partidas na Eredivisie pelo Ajax, Sergiño Dest já vinha despertando o interesse de vários clubes pelo mundo. Muitos veem em Sergiño Dest um potencial enorme a ser trabalho.

No FC Barcelona, Sergiño Dest terá em Frenkie de Jong e Ronald Koeman dois compatriotas que podem ajudá-lo na sua evolução.

Sergiño Dest já mostrou que tem qualidade para brigar por uma posição de titular no Ajax, mas ainda é muito cedo, pois as constantes boas exibições de Noussair Mazraoui, dificultam qualquer chance de Sergiño Dest ser titular.

Para o Ajax, é uma excelente operação, afinal de contas, vender um jogador que é reserva, mas que entra com frequência nos jogos, por 20 milhões de euros, fora os bônus, é um excelente negócio.

Claro que ele poderá estourar no futuro próximo e se tornar um dos maiores e melhores laterais direitos do mundo, mas ainda é muito cedo para afirmar isso.

Confira também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *