AEK Atenas 00 - 02 AFC Ajax

UEFA Champions League 2018/19 - 05º Rodada - Grupo E

Após 13 anos, AFC Ajax voltará a disputar as oitavas de final da Champions League

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

A equipe de Erik ten Hag lutará contra o Bayern München na última rodada para tentar terminar a fase de grupos como líder do grupo. O jogo que acontecerá na Johan Cruijff ArenA daqui a duas semanas, irá decidir qual clube irá ter um caminho menos complicado pela frente, afinal de contas, o adversário será o segundo colocado de outros grupos.

Com a passagem para a próxima fase da UEFA Champions League 2018/19, o AFC Ajax receberá cerca de 60 milhões de euros.

Na capital da Grécia, o jogo está claro para as duas equipes. De um lado um AFC Ajax que partiu para cima e ditou o ritmo da partida e do outro, um AEK Atenas fraco que não teve forças para ao menos segurar o empate dentro do Spyros Louis (OAKA).

Mas foi o AFC Ajax quem começou melhor a partida. Vale lembrar que antes da partida começar, Erik ten Hag tinha anunciado a escalação com Maximilian Wöber na vaga do suspenso Nicolás Tagliafico na lateral esquerda, e David Neres na vaga deixada pelo lesionado Hakim Ziyech. Lembrando que a dupla de zagueiros foi formada por Maximilian Wöber e Matthijs de Ligt, Daley Blind foi acionado na lateral esquerda.

As primeiras boas chances ficaram nos pés de David Neres e Lasse Schöne. O centroavante dinamarquês, Kasper Dolberg fez uma péssima partida. O jovem atacante não estava conseguindo segurar uma bola no ataque. Isso fez com que Erik ten Hag resolvesse retirar o atacante do jogo aos 62 minutos e colocar Klaas-Jan Huntelaar.

O sistema defensivo do AFC Ajax foi pouquíssimo acionado ao longo dos 90 minutos de jogo. Ezequiel Ponce esteve no primeiro jogo entre as duas equipes em Amsterdã, e na Holanda nada conseguiu fazer, situação igual que ele viveu na Grécia. Matthijs de Ligt não teve problemas para anular o centroavante grego.

As coisas começaram a mudar para o AFC Ajax aos 66 minutos, quando Lasse Schöne cobrou falta para a grande área e Marko Livaja tentou desviar com o braço. Michael Oliver não pensou duas vezes antes de dá a penalidade máxima para os visitantes e ainda expulsar Marko Livaja. Na cobrança, Dušan Tadić mandou a bola para um lado e o goleiro foi para o outro.

O segundo gol saiu poucos minutos depois. Aos 78 minutos, o trio ofensivo participou da jogada do gol. David Neres recebeu na ponta direita, dominou e tocou para Klaas-Jan Huntelaar que viu a passagem de Dušan Tadić na direita. O centroavante holandês acionou o ponta sérvio que chegou batendo na bola e sacramentando a vitória da equipe de Amsterdã por 2×0.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: