Pré-Jogo

UEFA Nations League - 03º Rodada - Grupo A - 01º Divisão

UEFA Nations League: Holanda v França

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

A confiança é alta em torno da Holanda, após a vitória por 3×0 diante da Alemanha na última data FIFA. O triunfo em cima do Die Mannschaft, deu uma moral gigantesca para os comandados de Ronald Koeman. Depois dessa vitória, a Oranje jogou diante da Bélgica em mais um clássico, só que dessa vez o jogo terminou empatada em 1×1, com Ronald Koeman realizando vários testes na equipe.

A equipe de Ronald Koeman entrou em um grupo considerado o da morte e foi taxada como a seleção que facilmente iria ser rebaixada, afinal de contas, estaria enfrentando as duas últimas campeãs mundiais. Mas o futebol é realmente surpreendente e o trabalho de Ronald Koeman surti efeitos nítidos. Com a vitória por 3×0 em cima da Alemanha, a Oranje ficou a um ponto de afastar qualquer perigo de rebaixamento para a Série B da UEFA Nations League.

A França ainda vive o auge do título mundial. A equipe é a atual líder do Grupo A com sete pontos, quatro a mais que a Holanda. Caso a França consiga somar qualquer ponto em Roterdã, acabará com as chances de a Holanda sonhar com o primeiro lugar do grupo.

Por outro lado, caso a Holanda consiga os três pontos dentro do De Kuip, que terá sua capacidade máxima completamente preenchida, a equipe de Joachim Löw será automaticamente rebaixada e a Laranja chegará para o último confronto contra os alemães precisando somar qualquer ponto para terminar a fase de grupos em primeiro e se classificar para a Final Four.

Notícias da Holanda.

Ronald Koeman convocou praticamente a mesma seleção que chamou para os jogos contra a Alemanha e Bélgica em outubro. Arnaut Danjuma Groeneveld foi cortado da convocação, devido a uma lesão, mas provavelmente será nome frequente nas próximas convocações. Para seu lugar, Ronald Koeman chamou Javairô Dilrosun.

Contra a Alemanha e Bélgica a Ronald Koeman voltou a utilizar a equipe no 4-3-3 de costume e é provável que continua dessa forma para o jogo dessa sexta contra os Blues.

Provável Escalação da Holanda: Cillessen, Dumfries, Blind, De Ligt, Van Dijk, De Jong, De Roon, Wijnaldum, Babel, Bergwijn, Memphis

Notícias da França:

A equipe de Didier Deschamps tem vários problemas por causa de lesão, e uma dessas peças que ficará de fora é o volante Paul Pogba. Uma das principais peças da equipe de Didier Deschamps que foi campeã do mundo na Rússia.

Outros jogadores que estão fora por motivo de lesão é Anthony Martial que vem realizando uma bela temporada no Manchester United, Alexandre Lacazette que está atuando no Arsenal e Benjamin Mendy do Manchester City. Didier Deschamps também não contará com Thomas Lemar, Lucas Hernández, Corentin Tolisso e Kingsley Coman.

E para completar a lista de problemas do comandante francês, Raphael Varane foi convocado, mas é dúvida para o duelo.

Apesar de todos esses problemas, a França tem um dos melhores elencos do mundo e dificilmente chegará com uma equipe abaixo da sua qualidade em Roterdã. Dois jogadores foram convocados por Didier Deschamps e tem totais condições de estrear com a camisa dos Les Bleus. O zagueiro do Lyon, Ferland Mendy e o atacante do Borussia Mönchengladbach, Alassane Plea.

Provável Escalação da França: Lloris, Pavard, Sidibe, Varane, Kimpembe, Kante, Matuidi, Fekir, Griezmann, Mbappe, Giroud

Visão Geral

Os recentes jogos contra a França deixam qualquer torcedor holandês preocupado, afinal de contas, a Holanda não sabe o que é vencer os franceses desde 2008, quando venceu por 4×1 na Eurocopa de 2008.

De lá para cá, foram cinco jogos com todos terminando com vitórias da França. Como não ficar preocupado com um cenário desses? Até hoje, foram 27 jogos com 10 vitórias da Holanda contra 13 da França. Em quatro partidas, o jogo terminou empatado.

A última vitória da França diante da Holanda aconteceu em setembro, quando os franceses dentro de casa, venceram a Oranje por 2×1. Mas, naquele jogo já se notava uma Holanda totalmente diferente. Tanto que os Les Bleus saíram na frente com Kylian Mbappé e depois Ryan Babel deixou tudo igual para a Holanda, apenas no segundo tempo, Virgil van Dijk vacilou e Olivier Giroud foi mais rápido e garantiu a primeira vitória da França em jogos oficiais, após a Copa do Mundo.

Um dos grandes problemas da Holanda que Ronald Koeman terá que resolver para a partida contra a França, são os fracos começos dos jogos. Nas partidas contra o Peru, França e Bélgica, a Holanda se viu atrás do marcador antes do 15º minuto de jogo.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: