Single Blog Title

This is a single blog caption

No clássico entre PSV e Feyenoord, equipe de Eindhoven empata pela terceira vez seguida e ver AFC Ajax encostar de vez

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

No jogo mais esperado da rodada, o PSV Eindhoven enfrentou o Feyenoord no Philips Stadion pela 23º rodada Eredivisie 2018/19. As duas equipes precisavam demais da vitória, isso porque o PSV Eindhoven sabia que um terceiro tropeço seguido, faria o AFC Ajax voltar a brigar de vez pelo título da competição nacional e do lado do Feyenoord, os homens de Giovanni van Bronckhorst sabiam que um empate ou derrota, faria com que o AZ Alkmaar dependesse apenas das suas próprias forças para voltar a encostar no Feyenoord e fazer uma briga forte pela terceira colocação.

O jogo terminou empatado em 1×1, tanto AFC Ajax quanto AZ Alkmaar comemoraram demais esse resultado.

Para esse jogo, Mark van Bommel manteve o mesmo time que empatou fora de casa os dois últimos jogos na Eredivisie. Já Giovanni van Bronckhorst, colocou em campo Jan-Arie van der Heijden e Sam Larsson nas vagas de Robin van Persie e Jerry St. Juste.

Muitos torcedores, principalmente do AFC Ajax, ficaram preocupados quando Giovanni van Bronckhorst afirmou que o foco do Feyenoord não era o clássico contra o PSV Eindhoven pela Eredivisie e sim a semifinal da TOTO KNVB Beker (Copa da Holanda) diante do AFC Ajax na próxima quarta, com isso, muito pensaram que a equipe de Roterdã não entraria com muita vontade de atrapalhar a vida dos Eindhovenaren, mas o que se viu foi um Feyenoord muito melhor, principalmente nos 45 minutos inicias.

Os homens de Giovanni van Bronckhorst estiveram atentos em todos os lances do jogo, diferentemente do PSV Eindhoven que mostrou mais uma vez um fraco rendimento no começo do jogo e isso fez com que o Stadionclub acreditasse que era possível sair de Eindhoven com alguns pontos na bagagem.

No primeiro tempo, destacamos um Feyenoord muito atento e firme na defesa e pronto para ferir o PSV Eindhoven nos contra-ataques conduzidos por Steven Berghuis, Jens Toornstra e Tonny Vilhena.

O segundo tempo começou com mais expectativas e com Mark van Bommel já mudando sua equipe. Gastón Pereiro deixou o campo para dá vaga a Cody Gakpo.

Quando o relógio apontava 59 minutos de jogo, Steven Bergwijn foi acionado em um belo lançamento, a bola cobriu Sven van Beek e Steven Bergwijn iria sair na cara de Kenneth Vermeer, mas o defensor do Feyenoord não permitiu que isso acontecesse e segurou o atacante dos Boeren. Dennis Higler não pensou duas vezes antes de mostrar o cartão vermelho direto para Sven van Beek que deixou sua equipe com um jogador a menos.

Com medo de tomar uma possível goleada, o Feyenoord recuou e tentou se defender ainda mais para evitar que a bola passasse no gol de Kenneth Vermeer e em um belo chute de fora da grande área, aos 70 minutos, Nicolai Jørgensen mandou a bola para o fundo das redes de Jeroen Zoet.

Mas não demorou muito para que os donos da casa chegassem ao gol de empate com Hirving Lozano aos 72 minutos, após belo cruzamento baixo de Cody Gakpo.

Após esse gol, o Feyenoord voltou a se defender ainda mais. Visando garantir um ponto em Eindhoven, Giovanni van Bronckhorst resolveu tirar Jens Toornstra e colocar Ridgeciano Haps para reforçar seu sistema defensivo.

Os Rotterdammers conseguiram sair de Eindhoven com um ponto e deu uma nova vida a Eredivisie que agora volta a ter uma disputa novamente pelo título.

Com esse empate, o PSV Eindhoven chegou aos 58 pontos e terá pela frente o SBV Excelsior em Roterdã. A equipe de Mark van Bommel precisa voltar a vencer o quanto antes, caso contrário, poderá ver a sua liderança parar nas mãos de outro clube.

Já o Feyenoord terá o que focar no confronto mais importante do clube na temporada. Na próxima quarta, o clube jogará contra o AFC Ajax pela semifinal da TOTO KNVB Beker (Copa da Holanda) 2018/19. O Feyenoord continua na terceira colocação com 43 pontos e dependendo do resultado do duelo entre Willem II e AZ Alkmaar, poderá perder a terceira colocação já nessa rodada. Esse foi o duelo de número 141 entre as duas equipes, com 50 vitórias do PSV Eindhoven e 56 do Feyenoord e 35 empates.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: