Single Blog Title

This is a single blog caption

Holanda estreia com derrota para Espanha na Algarve Cup

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Nessa quarta, as Leoas holandesas entraram em campo na estreia da Algarve Cup 2019. O primeiro desafio das leoas foi diante da Espanha e quem levou a melhor foram as espanholas que com dois gols de Jenni Hermoso acabaram com qualquer chance de a Holanda ainda sonhar com a disputa pelo título.

Esse é um torneio de preparação para as holandesas disputarem a Copa do Mundo que acontecerá nesse ano na França. Na próxima segunda, a Holanda jogará ainda contra a Polônia, antes de saber qual será seu destino na competição.

Para esse confronto, Sarina Wiegman mexeu em seis peças, em relação ao time que venceu a África do Sul em janeiro. Loes Geurts, Stefanie van der Gragt, Desiree van Lunteren, Jackie Groenen, Daniëlle van de Donk e Renate Jansen começaram no time titular nas vagas de Sari van Veenendaal, Kika van Es, Merel van Dongen, Danique Kerkdijk, Jill Roord e Inessa Kaagman. Mesmo com várias mexidas no time titular, Sarina Wiegman manteve duas das principais peças, Vivianne Miedema e Lieke Martens.

O jogo começou com a Holanda assustando a goleira espanhola, Paños. Com menos de cinco minutos, Vivianne Miedema finalizou com perigo para o gol de Paños. A goleira defendeu e mandou para fora.

Aos 20 minutos, Marta Torrejón mandou na cabeça de Jenni Hermoso. A atacante da Espanha finalizou sem chances de defesa para Loes Geurts.

A Holanda atacante de todas as formas a defesa da Espanha e Paños conseguia segurar as investidas holandesas. No segundo tempo, aos 60 minutos, Mariona deu um belo passe entre a última linha de defesa da Holanda e Jenni Hermoso recebeu saindo na cara de Loes Geurts. Com muita frieza, a atacante espanhola deu um leve toque na bola para aumentar a vantagem das mulheres de Jorge Vilda e sacramentar a vitória.

Após o jogo, Sarina Wiegman falou com a imprensa e mostrou que existem pontos positivos, apesar da derrota.

“É claro que não estou satisfeita com o resultado, mas são esses tipos de jogos que precisamos jogar, principalmente contra esse tipo de adversário. Eles conseguem expor nossos defeitos e é melhor perder agora do que na Copa do Mundo. Um dos pontos que fiquei decepcionada, foi que eu esperava que conseguíssemos pressionar por mais tempo a Espanha e isso não aconteceu. O que me deixou muito satisfeita foi que a Espanha mostrou os erros que precisaremos corrigir para chegarmos fortes na Copa do Mundo” disse a treinadora.

Vale lembrar que esse foi o jogo de número 157 de Sherida Spitse. Ela ultrapassou Annemieke Kiesel-Griffioen que tem 156 jogos com a camisa da Holanda.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: