Chegou a hora dos novos nomes

Koeman vai colocando a Holanda no caminho que deseja

A nova geração vai pedindo passagem na Seleção da Holanda

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Aos poucos Ronald Koeman coloca a Holanda no caminho que ele quer. Enquanto na última convocação do treinador, ele precisou avaliar chamar nomes da Holanda U21, tendo em vista que a equipe disputava uma vaga na Eurocopa Sub21, tanto que Steven Bergwijn ficou de fora da convocação final. Já para os jogos contra Alemanha e Bélgica, Ronald Koeman começou a dá muito espaço para os jovens jogadores.

Arnaut Danjuma Groeneveld, Steven Bergwijn e Pablo Rosario são três jogadores que possuem 21 anos e que vão vestir a camisa da seleção principal pela primeira vez. O mesmo caso acontece com Denzel Dumfries, mas o lateral direito é um ano mais velho, tem 22 anos. Eles se juntam a outros jogadores como Nathan Aké e Tonny Vilhena (ambos com 23 anos), Donny van de Beek e Frenkie de Jong (ambos com 21 anos) e Matthijs de Ligt (com 19 anos).

É dessa forma que a seleção holandesa vai abrindo espaços para os jovens jogadores. Nas últimas convocações, jogadores que nasceram entre 1990 e 1991, predominaram na lista de Ronald Koeman, dessa vez, a história mudou de figura, porque cinco jogadores que nasceram em 1997, foram chamados.

Seleção Holandesa por Ano de Nascimento

1986: Ryan Babel

1989: Jasper Cillessen

1990: Daley Blind, Patrick van Aanholt, Luuk de Jong, Kevin Strootman, Georginio Wijnaldum

1991: Marco Bizot, Virgil van Dijk, Davy Pröpper, Jeroen Zoet, Marten de Roon

1992: Quincy Promes, Stefan de Vrij

1994: Memphis Depay, Hans Hateboer

1995: Nathan Aké, Tonny Vilhena

1996: Denzel Dumfries

1997: Donny van de Beek, Steven Bergwijn, Arnaut Danjuma Groeneveld, Frenkie de Jong, Pablo Rosario

1999: Matthijs de Matthijs de Ligt

“É ótimo encontrar uma nova geração chegando a seleção principal e acima de tudo, sabemos que todos eles têm totais condições de levar a nossa bandeira, no mais alto nível” disse o ex-diretor técnico da KNVB, Jelle Goes.

Atualmente, Jelle Goes trabalha nas categorias de base do FC Utrecht, mas entre 2009 até 2012, trabalhou nas divisões de base do PSV e depois passou quatro temporadas como gerente técnico da KNVB.

O ex-treinador da Holanda, Guus Hiddink mostrou otimismo com o futuro da seleção principal. Ele explicou que a Holanda está construindo uma base sólida para o futuro, na qual poderá colher grandes frutos nas próximas temporadas.

Nomes como Arnaut Danjuma Groeneveld, Pablo Rosario e Denzel Dumfries comprovaram que Ronald Koeman está sempre de olho em todos os jogadores, mesmo que estejam atuando em competições de menor expressão, como é o caso de Arnaut Danjuma Groeneveld.

Tanto Denzel Dumfries quanto Pablo Rosario não tiveram tantas chances assim nas divisões de base da Holanda. Denzel Dumfries vestiu a camisa Laranja pela primeira vez no dia 14 de março de 2016, quando foi convocado para defender a Holanda U20. Um ano antes, Pablo Rosario foi convocado pela Holanda U19. Já Arnaut Danjuma Groeneveld, teve a chance de defender a Holanda apenas nesse ano de 2018, quando foi convocado pela Holanda U21.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: