NAC Breda 3-0 SC Heerenveen

A equipe de Breda mostrou sua força e as chances de serem rebaixados caíram para 0,01%

Com dois lindos gols de Paolo Fernandes e Mitchell te Vrede, NAC Breda se assegura na Eredivisie

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Nesse domingo com a vitória do NAC Breda em cima do SC Heerenveen, a equipe de Stijn Vreven praticamente se assegurou na primeira divisão para a próxima temporada, isso porque com o resultado de 3×0 a equipe continua com os três pontos de vantagem para o Roda JC (primeiro time na zona de rebaixamento/repescagem) e ainda tem uma margem de 10 gols de diferença para a equipe de Kerkrade.

O SC Heerenveen precisava vencer a partida para continuar firme e forte na zona de classificação para a os Play-Offs da Holanda visando uma vaga na Liga Europa. Essa derrota ligou o alerta da equipe para a última rodada.

O Jogo

Assim que o juiz da partida, Bas Nijhuis apitou o começo do jogo, parecia que quem estava na parte de cima da tabela era o NAC Breda e não o SC Heerenveen. Com apenas cinco minutos de jogo, o NAC Breda levou o primeiro susto para Martin Hansen. Menno Koch fez uma ligação direita da defesa para o ataque visando a cabeça de Mitchell te Vrede. O centroavante pulou mais alto que Dave Bulthuis e desviou para Manu García. O atacante entrou na grande área sob forte marcação de Kik Pierie, mesmo assim, ele conseguiu finalizar para o gol de Martin Hansen. A bola passou bem próxima a trave direita do goleiro.

Um minuto após essa grande chance do NAC Breda, a equipe chegou ao seu primeiro gol. Paolo Fernandes recebeu e foi feliz demais ao acertar um chute de longa distância no ângulo de Martin Hansen. O goleiro do SC Heerenveen foi na bola para apenas sair na foto, porque não tinha chances nenhuma de defender.

Paolo Fernandes era um dos destaques até então da partida pelo lado do NAC Breda. Ele estava conseguindo passar sempre com muita facilidade pela marcação imposta pelo SC Heerenveen.

O NAC Breda estava extremamente inspirado naquela tarde no Rat Verlegh. A equipe de Stijn Vreven imprimiu um ritmo insano no começo da partida, sempre partindo em alta velocidade para cima do SC Heerenveen e os visitantes não estavam preparados para aquela agressividade do NAC Breda. Quando o relógio marcou 12 minutos de jogo, Mitchell te Vrede fez mais um belo gol, um daqueles que você paga o ingresso e retorna na bilheteria para pagar novamente, assim como o gol de Paolo Fernandes. O centroavante da equipe mostrou que não é bom apenas dentro da grande área, mas fora dela também. Ele acertou um belo chute de longa distância com sua perna direita, no canto do gol defendido por Martin Hansen.

O NAC Breda queria mais, até porque como se diz no futebol, 2×0 é placar de trouxa. Aos 19 minutos, cobrança de escanteio para o time da casa. Sem sair do chão e completamente livre dentro da pequena área do SC Heerenveen, Pablo Marí finalizou de cabeça para o gol de Martin Hansen, mas a bola subiu demais e morreu na linha de fundo.

O SC Heerenveen não conseguia de forma alguma se encontrar na partida. A partir dos 25 minutos, a pressão do NAC Breda diminuiu e foi a partir desse momento, que os visitantes começaram a se acalmar mais no jogo.

A primeira grande chance do SC Heerenveen veio através de uma finalização aos 28 minutos do atacante Arber Zeneli. Ele recebeu na ponta esquerda e passou pela marcação de Arno Verschueren e logo após finalizou colocando muito efeito na bola. Nigel Bertrams teve que fazer sua primeira defesa na partida.

Segundo Tempo

Logo com 47 minutos de jogo, o NAC Breda decretou a vitória. Cobrança de falta para o time da casa. José Angeliño cobrou na medida para Pablo Marí aparecer e finalmente marcar seu gol de cabeça.

Aos 60 minutos, outra falta muito parecida com a que originou o terceiro gol do NAC Breda. Dessa vez José Angeliño cobrou e chegou na cabeça de Menno Koch. O zagueiro pulou sozinho e finalizou de cabeça, mas dessa vez Martin Hansen estava mais atento e defendeu.

Arber Zeneli era o jogador que buscava levar o SC Heerenveen a ao menos diminuir a desvantagem. Aos 73 minutos, o atacante finalizou mais uma bola para o gol de Nigel Bertrams, mas novamente o goleiro ganhou a disputa com Arber Zeneli.

Aos 82 minutos, bola alçada na grande área do NAC Breda por Doke Schmidt. Arno Verschueren cortou quase para dentro do próprio patrimônio.

Futuro

Na próxima rodada, O NAC Breda jogará contra o já rebaixado FC Twente em Enschede. A equipe precisará apenas de um empate para garantir de vez sua permanência na elite do futebol nacional. Mesmo que perca, as chances de o clube entrar na zona de repescagem são muito baixas, isso porque ainda existe uma diferença de 10 gols que o Roda JC precisaria tirar para sair da zona de rebaixamento/repescagem e dá lugar ao NAC Breda.

O SC Heerenveen por sua vez, jogará em casa contra o Feyenoord. A equipe de Jurgen Streppel dependerá das suas próprias forças para assegurar sua vaga nos Play-Offs holandês para a Liga Europa.

Fotos do Jogo

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: