Portugal 0x3 Holanda

A Holanda venceu Portugal por 3 a 0 em jogo amistoso disputado nesta segunda-feira. Depay, Babel e Van Dijk marcaram os gols no Stade de Geneve, Suíça

Após 27 anos, a Holanda volta a vencer Portugal

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Nessa segunda, a Holanda entrou em campo para fechar o segundo amistoso na era Ronald Koeman. A equipe holandesa venceu Portugal por 3×0. Essa vitória quebrou um tabu que estava de pé a mais de 25 anos, para ser mais exato, foram 27 anos em que a Holanda não sabia o que era vencer os portugueses.

Para o jogo contra Portugal, Koeman optou por sete mudanças no time titular. Jasper Cillessen teve a primeira oportunidade com o novo treinador e parece ter deixado Koeman bastante satisfeito. Na defesa, Nathan Aké ganhou a vaga de Stefan De Vrij. Nas laterais, Tonny Vilhea ficou na esquerda e colocou Patrick van Aanholt no banco, já na direita, Kenny Tete recebeu a chance no lugar de Hans Hateboer. No meio de campo, Kevin Strootman perdeu sua vaga para Donny van de Beek e Davy Pröpper também teve a chance de começar a partida. No ataque, Koeman optou por jogar com dois atacantes, Memphis Depay e Ryan Babel começaram a partida e não desperdiçaram as chances que tiveram. Vale ressaltar que para esse jogo, Koeman optou por não dá continuidade ao 3-4-3 e testar o 3-5-2, dando mais proteção a entrada da grande área.

O Jogo

A Holanda começou dominando a partida. A mudança no esquema fez a Holanda ter um controle mais real do jogo, principalmente no primeiro tempo. Com apenas 11 minutos de jogo, a Holanda fez tudo aquilo que Ronald Koeman queria, armou um contra-ataque e marcou o seu primeiro gol.

Virgil van Dijk foi conduzindo o ataque holandês. O zagueiro chegou na ponta direita e tocou para Kenny Tete que viu Donny van de Beek livre na grande área. O lateral direita tocou para o meia do Ajax que de primeira tentou finalizar. O jovem jogador acabou finalizando de forma errada e a bola sobrou nos pés de Memphis Depay. O novo camisa 10 da Holanda se jogou no chão e foi mais rápido que José Fonte e finalizou para o fundo das redes de Anthony Lopes.

Aos 20 minutos, bola alçada na grande área de Portugal. José Fonte tirou de cabeça nos pés de Wijnaldum. O jogador do Liverpool dominou e deixou a bola tocar no chão. Ele não pensou duas vezes antes de finalizar. A bola acabou indo para a linha de fundo.

Aos 30 minutos, lance polêmico. Ricardo Quaresma tocou para Cristiano Ronaldo. O camisa 07 de Portugal recebeu e acabou chutando o chão. Ele caiu e pediu pênalti, mas o arbitro da partida não caiu na de Cristiano Ronaldo e mandou o jogo seguir.

O segundo gol da Holanda saiu aos 32 minutos e novamente com a ajuda de um dos seus três zagueiros. De Ligt recebeu na ponta direita e cruzou para o meio da pequena área, na cabeça de Ryan Babel. O centroavante do Besiktas não desperdiçou a bela chance que recebeu do seu companheiro e fez o segundo da Laranja na partida.

Aos 39 minutos, Portugal tentou surpreender Jasper Cillessen mas o goleiro do Barcelona estava atento ao jogo. Bruno Fernandes recebeu um passe por cima da defesa holandesa e com um leve toque na bola, tentou encobrir o goleiro, mas Cillessen defendeu sem maiores dificuldades.

Aos 45 minutos, Memphis Depay cobrou falta na cabeça de De Ligt o zagueiro escorou de cabeça para Van Dijk que de primeira fuzilou o gol defendido por Anthony Lopes.

Segundo Tempo

A segunda etapa começava com o treinador português já mexendo em seu time. Rolando deu vaga para Luis Neto. O treinador viu que começou com um time completamente errado e ao longo do segundo tempo, foi alterando as peças. Aos 47 minutos, Portugal chegou pela primeira vez com muito perigo. Cobrança de falta por Quaresma. O camisa 20 colocou na cabeça de Cristiano Ronaldo que pulou sozinho e finalizou de cabeça. Jasper Cillessen praticou um verdadeiro milagre.

Um minuto depois, novamente Cristiano Ronaldo iria finalizar, mas seu chute foi em cima de Nathan Aké. Aos 50 minutos, Ricardo Quaresma recebeu na ponta direita e chutou de três dedos. Essa finalização levou perigo ao gol de Jasper Cillessen, mas o goleiro mandou para escanteio.

Portugal veio com muita vontade de marcar ao menos um gol. Aos 61 minutos, a história do jogo começaria a mudar em favor da Holanda novamente. Cancelo fez falta forte em Nathan Aké e tomou o segundo cartão amarelo e foi expulso da partida, deixando assim, Portugal com menos um jogador e acabando com quaisquer chances de Portugal colocar fogo na partida.

Aos 73 minutos, a última finalização com perigo do jogo. Mário Rui finalizou de fora da grande área e Jasper Cillessen teve que se esticar para mandar a bola para escanteio.

 – Ruddy Buquet (França)

 – Estádio de Genebra

 – Guillaume Debart (França) e Hicham Zakrani (França)

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: