Nem mesmo o capitão holandês consegue acreditar

Arjen Robben afirma que dificilmente a Holanda conseguir fazer 7 gols na Suécia

Robben: ‘Não venceremos a Suécia por 7 a 0’

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Todas as Eliminatórias para a próxima Copa do Mundo estão chegando ao seu final, e na Europa, a Holanda vive um dos seus maiores dramas dos últimos tempos. Após não conquistar uma vaga para a Eurocopa de 2016, que aconteceu na França, a Orange parece ficar ainda mais longe da Copa do Mundo de 2018.

Para conquistar uma vaga, a Holanda terá que fazer um verdadeiro milagre. Na próxima rodada, que será a última, os holandeses vão receber em casa a Suécia, concorrente direto por uma vaga na repescagem. Para ter direito de ir a repescagem, a Holanda terá que vencer os suecos em casa por um placar de sete gols de diferença.

Isso se dá pelo fato da Suécia ter vencido em casa Luxemburgo por 8×0, placar que dificultou demais a vida da Holanda, que em seu jogo na rodada, venceu Belarus por apenas 3×1. Esse resultado tão expressivo diante de Luxemburgo, fez com que a Suécia disparasse no saldo de gols, e dificultasse ainda mais a vida da Orange.

Com uma realidade tão dura, um dos grandes símbolos dessa geração, Arjen Robben, já jogou a toalha logo após o confronto contra Belarus.

“(A goleada da Suécia sobre Luxemburgo) Causou-me uma dor enorme e muita tristeza, mas, infelizmente, faz parte do esporte. Nós não conseguíamos acreditar que eles estavam ganhando de tanto”, disse o meia-atacante.

“Depois desse resultado da Suécia, não tem muito o que fazer a não ser lamentar. A gente ganhar de 8 a 0 de Belarus nunca foi algo realista. E ganhar de 7 a 0 da Suécia, mesmo em casa, não irá acontecer também”, acrescentou.

“Claro que vamos acreditar até o último minuto, mas é melhor ser sincero e falar a verdade. Não é nada realista pensar que podemos ganhar da Suécia por uma goleada tão grande. É melhor que as pessoas deixem suas calculadoras em casa”, finalizou.

Aos 33 anos, Arjen Robben nunca tinha ficado de fora de uma Copa do Mundo com a Holanda. Em 2010, na África do Sul, ele chegou a final daquela competição, contra a Espanha, mas a Holanda acabou ficando em segundo lugar. Já em 2014, no Brasil, ele viu uma seleção completamente desacreditada, chegar na semi-final e ser batida apenas nos pênaltis para a Argentina.

É muito provável que essa seria a última Copa do Mundo de Robben, caso a Holanda consiga se classificar. Ele já foi questionado se iria permanecer defendendo as cores da seleção, após mais esse fracasso.

“Primeiro vamos jogar contra a Suécia. Depois, vamos ver…”, limitou-se a dizer.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: