Retrospectiva da temporada 2015/16 - SC Cambuur

Confira os principais fatos que aconteceram com o SC Cambuur na temporada 2015/16.

Retrospectiva da temporada 2015/16 – SC Cambuur

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Colocação final: 18º (e último) colocado, com 18 pontos

Técnico: Henk de Jong (até a 22ª rodada) e Marcel Keizer

Maior vitória: Excelsior 1×4 Cambuur (17ª rodada)

Maior derrota: Cambuur 0x6 PSV (5ª rodada)

Principal jogador: Jack Byrne (atacante)

Artilheiros: Jack Byrne, Sander van de Streek e Martijn Barto (todos com 4 gols)

Martijn Barto (Um dos artilheiros do SC Cambuur na temporada)

Martijn Barto (Um dos artilheiros do SC Cambuur na temporada)

Quem mais partidas jogou: Marvin Peersman (lateral esquerdo) e Sander van de Streek (meio-campista), ambos com 32 partidas

Copa nacional: eliminado na segunda fase, pelo PSV

Competição continental: nenhuma

Conceito da temporada: péssimo

CAMBUUR

Hoje começaremos nossa retrospectiva 2015/16 sobre os times que disputaram a Eredivisie dessa temporada que chegou ao final, e para começarmos, iremos falar primeiro do último colocado, o SC Cambuur.

Foram três meses sem saber o que era vencer, a equipe só conseguiu somar 18 pontos em 34 rodadas, uma pontuação muito baixa que fez com que fosse rebaixada com várias rodadas de antecedência. Mas o problema da equipe não começou nessa temporada, muito pelo contrário, a equipe tinha tudo para ser a sensação da Eredivisie 2014/15, quando tinha em Albert Rusnak a esperança de permanecer na Eredivisie por longas temporadas, mas tudo isso acabou quando o meia foi vendido para o FC Groningen.

Albert Rusnak (Destaque do SC Cambuur na temporada 2014/15)

Albert Rusnak (Destaque do SC Cambuur na temporada 2014/15)

Assim que perdeu sua principal peça, a equipe sentiu o duro golpe, e não teve mais forças para se recuperar na Eredivisie e manter sua boa campanha, então os pontos somados no começo da competição, fizeram com que a equipe conseguisse permanecer para 2015/16.

A esperança de dias melhores surgiu com o nigeriano Bartholomew Ogbeche, que viu o barco afundando aos poucos, e acabou se transferindo para o Willem II. Enquanto o De Graafschap se apoiava na força da sua torcida e na técnica que alguns jogadores demostravam dentro de campo, o SC Cambuur mostrava uma apatia gigantesca, e nem mesmo o fato novo de um treinador fez com que a equipe demostrasse que quisesse permanecer na Eredivisie.

Jack Byrne (Principal jogador do SC Cambuur nessa temporada)

Jack Byrne (Principal jogador do SC Cambuur nessa temporada)

Mas o rebaixamento era questão de apenas tempo para acontecer, até porque não poderia ser diferente, a equipe tinha a pior defesa e o pior ataque da competição, e nem dentro de casa conseguiu complicar as coisas para seus adversários, fazendo péssimas campanhas tanto dentro quanto fora de casa.

A equipe de Leeuwarden não poderá lamentar, até porque teve tempo para se organizar, e sabia da sua deficiência dentro de campo. Agora é se organizar para conseguir fazer uma Jupiler League decente, e quem sabe voltar para a Eredivisie na temporada 2017/18.

Sander van de Streek (Um dos artilheiros da equipe com quatro gols)

Sander van de Streek (Um dos artilheiros da equipe com quatro gols)

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: