Federação holandesa pede rebaixamento do Twente e cria confusão gigante

Confira mais um capítulo da longa novela do FC Twente

Federação holandesa pede rebaixamento do Twente e cria confusão gigante

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Há pelo menos dois anos o FC Twente tenta se organizar dentro e principalmente, fora de campo, isso porque com todas as dívidas que assolam o clube, faz com que toda e qualquer tipo de administração fique praticamente impossível de conseguir trabalhar. Pois bem, o sonho do presidente do clube de torna a equipe conhecida tanto no cenário nacional quanto no internacional, começou a render frutos, a equipe conquistou a Eredivisie 2009/10 e participou da Champions League, conseguiu fazer boas campanhas na Liga Europa também. Mas a conta chegaria um dia, isso porque a forma que o presidente tinha feito para tornar a equipe tão forte e competitiva assim não foi uma das melhores, hoje são mais de 30 milhões de euros em dívidas, fora o acordo irregular com a empresa maltesa de investimento, à Doyen, que permitiu que jogadores do elenco do clube tivesse vínculo com essa empresa, situação que não foi vista e ainda não é com bons olhos pela KNVB e pela FIFA, tanto que o clube sofreu sanções pesadas de ambas as partes.

A diretoria do clube buscou solucionar o problema, fazendo acordos com empresários da região onde fica a cidade de Enschede, visando o pagamento das dívidas, além de tentar negociar débitos com antigos presidentes do clube. O FC Twente conseguiu, aos poucos, ir se organizando, teve uma bela recuperada na competição nacional e revelando um dos principais nomes da competição, Hakim Ziyech.

Hakim Ziyech

Hakim Ziyech

Pois bem, ao final da temporada holandesa, a equipe conseguiria dentro de campo, terminar a competição nacional em 13º lugar, salvando assim uma temporada que prometia ser desastrosa, aonde todos os problemas fora dos gramados iriam conseguir atingir o time dentro de campo.

Vale lembrar que em abril, a equipe acabou sofrendo uma punição da federação holandesa, isso porque o clube tinha deixado de cumprir etapas do plano de reestruturação financeira apresentado à entidade. O tipo de punição aplicada pela terceira vez, consistia na perca de três pontos na competição nacional. O problema era que se ocorresse de o FC Twente sofresse uma nova punição, seria ainda pior, porque perderia sua licença profissional, tendo que recomeçar a sua história na Topklasse, quarta divisão holandesa.

Joop Munsterman

Joop Munsterman

Só que com a temporada finalizada, e o FC Twente tendo conquistado o direito da manutenção na primeira divisão holandesa, a KNVB resolveu punir novamente o clube de Enschende pelas persistentes dívidas que o clube ainda apresentava. A federação reconhece todo o esforço que a diretoria do clube estava fazendo para conseguir limpar o nome do clube, mas entendeu que ainda não era o suficiente, então “premiou” da pior forma possível o clube.

Na última quarta, a comissão de licenças da entidade divulgou uma nota anunciando a seguinte punição:

“Durante a reunião, a comissão concluiu que o passado do Twente dava a ela o direito de tirar a licença. Por outro lado, a comissão acha que os esforços feitos para ‘limpar a casa’ davam o direito de manter a licença. Com base no regulamento de licenças, a comissão tinha duas opções. A primeira era uma multa de 45.250 euros. Aos olhos da comissão, isso parecia uma pena desproporcionalmente leve. A segunda opção era a retirada da licença, que seria justificada pelo passado do clube.

Com base no bom trabalho [para diminuir a dívida] feito neste meio ano, a comissão acha uma pena desproporcionalmente dura. A comissão, então, cede ao Twente uma nova licença, já que o clube está ‘limpando a casa’. Com essa nova licença, o clube tem o direito de começar na mais baixa divisão profissional, que é a Jupiler League [nome patrocinado da segunda divisão]”.

Resumindo tudo isso, a entendida reconheceu o esforço da equipe, mas precisava puni-la de alguma forma, sendo assim, entendia que rebaixando o time para a quarta divisão era uma punição muito alto, isso porque o clube estava fazendo de tudo para se organizar, mas entendia que uma punição mais rigorosa teria que existir, para que outros clubes abrissem os olhos sobre suas finanças, então acabou rebaixamento o FC Twente para a segunda divisão nacional, ou mais conhecida como Jupiler League.

Torcida do FC Twente

Torcida do FC Twente

Mas vale ressaltar que essa decisão ainda não é definitiva, isso porque a Central Spelersraad (Conselho Central de Atletas, órgão independente da entidade) terá que dá o seu parecer, aceitando ou recusando essa decisão. Essa decisão ainda vai causar vários problemas para a federação holandesa na temporada que venha a seguir, a temporada 2016/17.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: